Tecnologia & Serviços

Primeira edição do WeMuv Summit debate futuro da mobilidade urbana

Evento contou com a presença de grandes empresas como Cabify, Movida, Ticket Log e Easy Carros

São Paulo – Aconteceu na quinta-feira, 6, a primeira edição do WeMuv Summit, com o objetivo de discutir como a tecnologia, as startups e inteligência artificial irão afetar o futuro da mobilidade, das empresas e qual é o papel que cada pessoa nessas mudanças. Cerca de 100 pessoas se reuniram no Cubo, em São Paulo, para ouvir especialistas como: Fernando Saddi (CEO da Easy Carros), Felipe Albuquerque (CEO Instacarro), Daniel Bedoya (CEO Cabify), Maximiliano Fernandes (CMO Ticket Log) entre outros.

Para Daniela Coimbra Swiatek, representante do Mobilab – Laboratório de Mobilidade Urbana da Prefeitura de São Paulo e uma das painelistas do evento, este tipo de iniciativa é necessária para fomentar o ecossistema das startups do país. “Em um mesmo local ter representantes do público, startups, investidores, mídia é muito importante. Hoje o perfil que encontramos por aqui é de grande valor para levantar e movimentar o mercado de startups. Acredito que este mix fomenta todos os negócios e lados envolvidos”, completa.

Os assuntos abordados e discutidos foram: “Futuro do carro”, “Smart Cities”, “O futuro da mobilidade e gestão de frotas” e “inteligência artificial”. “Mobilidade urbana é algo que está no DNA da Easy Carros e o evento de hoje foi o start das mudanças que vão chegar no mercado. É um trabalho a longo prazo e que cada pessoa tem um papel neste processo de transformação. Acredito muito que com dados, tecnologia e colaboração o futuro pode ser moldado”, explica Fernando Saddi, fundador e CEO da Easy Carros, uma das empresas organizadoras do evento.

Sobre o futuro da mobilidade, Maximiliano Fernandes, Diretor de estratégia e Marketing da Ticket Log – também co-organizadora do evento, exemplificou em sua palestra que, segundo a ONU (Organizações das Nações Unidas) 75% da população mundial vai habitar em áreas urbanas, as chamadas megacidades, e que por isso todo o modelo deve ser repensado.

Dados mostram que quase um quarto da frota de carros do Brasil, está na mão de empresas e, essas frotas, são responsáveis por quase 70% do trânsito no país. Para a Ticket Log, empresa que tem o compromisso de transformar a maneira de gerir despesas e pensar a mobilidade de forma mais inteligente, a palavra que eles mais usam é sincronicidade do mercado. “Acreditamos em uma multi plataforma, multimodal, integrada com diversas outras que irão auxiliar na mobilidade”, completa Maximiliano.

Outros palestrantes e painelistas foram: Ricardo Leite (Blablacar), Carlos Roma (BYD), Bruno Aracaty (Colab.re), Jayme Faria (Frost & Sullivan), Renato Franklin (Movida), Marcio Willian (eGenius e co-fundador da Easy Taxi) e Felipe Santos Pojo (IBM Watson).

Comentários

Newsletter



Facebook

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Estamos no fechamento da próxima edição da Revista Cobertura. Essa é a etapa final de revisão.… t.co/fjLWGwjO2d

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

A banda apresenta um repertório moderno e atual, com grandes sucessos do pop rock @bandagroovestorm t.co/jTpSAP0DeU

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Ana Claudia Calil, Gerente Comercial da @MondialTravel t.co/QsRULNoeKC

To Top