Redação

Sindseg-SP e Sincor-SP lançam Projeto de Vida Segura

Game para celular voltado a alunos do ensino médio estimula educação financeira e planejamento de vida

Por Camila Alcova

O Sindseg-SP e o Sincor-SP lançaram ontem, 26 de julho, o Projeto de Vida Segura, iniciativa voltada a alunos do ensino médio.
O programa, que conta com parceria da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, desenvolveu um game para celular que simula situações cotidianas que incentivam os alunos para a educação financeira e planejamento de vida adequado, além de estimular reflexões sobre prevenção e previdência.
 
O game desenvolvido pelo educador Sadao Mori  já está disponível para download gratuito para Android e iPhone. Mauro Batista, presidente do Sindseg-SP, destacou que o exercício da cidadania faz parte da luta diária de seguradores e corretores de seguros. “A realização desse projeto é uma das nossas alavancagens para o bem social”.

Ele comentou que o Projeto de Vida Segura sucede outro programa, o Educar para Proteger, lançado em 2006, que já atingiu mais de 100 mil crianças e jovens das redes de ensino pública e privada de São Paulo. “Mais de três mil escolas foram contempladas com o Educar para Proteger. Acreditamos que o novo projeto pode despertar ainda mais o interesse dos jovens, pelo fato de estarem conectados”.

Mauro Batista complementa que essa característica será o grande gancho para que os estudantes se interessem pelo projeto e suas propostas. Ele também frisou a importância de, principalmente os mais jovens, se preparem para o futuro, o que vai ao encontro, por exemplo, da conscientização sobre planos de previdência privada.

Cultura do Seguro

De acordo com o presidente do Sindseg-SP, o mercado de seguros tem se esforçado para acompanhar as mudanças na sociedade e a modernização tecnológica. “É importante falar a jovens sobre isso e chama-los à sua responsabilidade em relação ao futuro”, disse ele, que acrescentou que o projeto é um marco para a Educação e para educação securitária.

O presidente do Sincor-SP, Alexandre Camillo, lembrou que esse projeto faz parte do programa Cultura do Seguro, encabeçada por Leoncio de Arruda na década de 90.

Camillo também reforçou o papel do corretor de seguros para a cultura do seguro. “Vocês são os disseminadores dessa cultura perante a sociedade, quando entendem e atendem os consumidores nos seus anseios de garantir suas conquistas patrimoniais”.

O presidente do Sincor-SP enfatizou que a função do mercado de seguros não é apenas cobrir perdas, mas promover a prevenção. Nesse sentido, o Projeto de Vida Segura se caracteriza pelo trabalho do mercado de seguros junto à sociedade. “Estamos fazendo um trabalho de cidadania”.

Marcio Coriolano, presidente da CNseg, mencionou que a convergência entre as entidades do mercado de seguros para iniciativas como essa são produtivas e ratificam a cultura do seguro para a sociedade. Ele lembra que esse tema também faz parte da agenda da atual diretoria da CNseg.

Responsável pelo programa Cultura do Seguro no Sincor-SP, Osmar Bertacini, 2º secretário da entidade, lembra que os jovens também são público-alvo do mercado de seguros e, portanto,  é importante conscientizá-los sobre necessidade de contar com uma proteção de seguro. 

 

 

Comentários

Newsletter



Facebook

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Entrevista com Claudia Silvano, que preside o Procon Paraná t.co/JLYixNsDG8

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Lançamento ocorreu na livraria @emartinsfontes, em São Paulo t.co/a2ZM3MEWhs

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

A Autoglass recebeu o selo de Certificação GPTW 2017 em parceria com a @RevistaEpoca t.co/9OAs2gxEYk

To Top