Seguros Gerais

IRB Brasil RE registra lucro líquido de R$ 925 milhões em 2017, alta de 8,9%

 

Receita com prêmios emitidos cresce 17,4% e alcança R$ 5,8 bilhões. As linhas de Property, Rural e Vida puxaram os resultados no período.

Rio de Janeiro, 8 de fevereiro de 2018 – O IRB Brasil RE, líder em resseguros no Brasil, divulgou ao mercado na noite desta quinta-feira, 8/02, seus resultados consolidados referentes ao ano de 2017 registrando um novo recorde. A companhia contabilizou um lucro líquido de R$ 925,1 milhões no acumulado do ano, crescimento de 8,9% sobre 2016. O ROAE (Retorno Médio Sobre o Patrimônio Líquido) ficou em 26,8% no período. Outro destaque foi a receita com prêmios emitidos, que teve alta de 17,4% em comparação a 2016, totalizando R$ 5,8 bilhões.

Desse montante, R$ 3,7 bilhões foram prêmios emitidos no Brasil e R$ 2,1 bilhões no exterior. Um fator decisivo para essa alta foi o maior volume de contratos conquistados ao longo do ano. O segmento que liderou a emissão de prêmios emitidos no Brasil foi Property, que respondeu por 36,8%. Outras duas linhas de destaque no país foram: Rural (28,5%) e Vida (7,9%). Já no exterior, Vida respondeu por 35,1% dos prêmios emitidos, seguido por Property (26%), Rural (20,8%) e Aviação (7,8%).

Para o presidente José Carlos Cardoso, mesmo diante de um cenário macroeconômico desafiador, a estratégia adotada se mostrou assertiva. “A subscrição de novos contratos e a ampliação da participação em outros já existentes, além do desenvolvimento de novos produtos foram fundamentais para os resultados obtidos em 2017. Este ano, iremos seguir com a mesma estratégia, para que possamos, mais uma vez, compensar a tendência de queda da taxa SELIC, com entrega de resultados anuais crescentes. Temos o compromisso de seguir ampliando nosso negócio e, para isso, estamos investindo fortemente em pessoas e em tecnologia”, afirmou o presidente.

O resultado de subscrição também apresentou forte crescimento e somou R$ 817,0 milhões, 29,6% acima, frente ao ano anterior. Esse desempenho ocorre devido à nova realidade de preços, produtos com maior valor agregado, melhoria dos guidelines e treinamentos para as seguradoras parceiras, com objetivo de melhorar a subscrição e a gestão de sinistros. Como consequência disso, o índice de sinistralidade recuou 2,9 pontos percentuais, ficando em 59,0%.

O relatório cita ainda algumas iniciativas bem-sucedidas implantadas ao longo de 2017, como a transformação do IRB em centro de referência técnica em resseguro para o segmento de Agro na América Latina, a inovação por meio de pesquisa e desenvolvimento para novas tecnologias em seguro e resseguro, a otimização do processo de precificação de riscos e a consolidação da liderança no mercado brasileiro de resseguros. Outro objetivo atingido no ano passado, destacou o relatório, foi o aumento de eficiência e melhoria da rentabilidade. O índice de despesa administrativa seguiu em queda e passou de 6,6% para 5,5%, na comparação entre os períodos.

O vice-presidente Financeiro e de Relações com Investidores, Fernando Passos, comenta que 2017 entrou para a história do IRB Brasil RE por ter sido o ano da Oferta Pública Inicial de ações (IPO), o que reforçou o compromisso com a transparência de suas operações e deu condições à companhia de competir com os maiores players do mercado global de resseguros. “Os resultados do IPO foram muito positivos. Atualmente, estamos em 9º lugar entre as maiores resseguradoras globais em valor de mercado. Ao final de 2017, o valor do IRB era de R$ 10,6 bilhões, quatro vezes maior do que o registrado em outubro de 2013, quando a empresa foi privatizada. Desde a abertura de capital, dia 31 de julho, até 29 de dezembro, a ação valorizou 27,0%”, lembrou o executivo.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

SulAmérica desenvolve novo cotador Auto com apoio de parceiros e foco em agilidade e mais negócios - t.co/PSwf199FDK

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Aconseg-SP recebe executivos da SulAmérica - t.co/evP5VjGsQU

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Investimentos no setor de insurtech cresceram significativamente, com Europa como principal polo, afirmam analistas… t.co/vQKEom4vD4

To Top