Redação

Rio de Janeiro recebe 7º Encontro de Resseguro

 

Resseguro terá papel importante de apoio ao setor de seguros após a estabilização econômica

Por Camila Alcova

Durante a abertura do 7º Encontro de Resseguro do Rio de Janeiro, que acontece até amanhã, Marcio Coriolano, presidente da CNseg, comentou que o resseguro terá um importante papel de apoio ao setor de seguros com a esperada estabilização econômica. “Além de parceiro vital na oferta de produtos mais robustos aos segurados, e com soluções para o fomento do mercado de anuidades do seguro saúde, o resseguro é fundamental e será nos próximos anos”.

Ele lembrou que nos últimos dez anos no Brasil o setor segurador mostrou capacidade frente ao ciclo da economia, como no período entre 2008 e 2010, em que a economia internacional enfrentou a crise que revertou anos de prosperidade. “Do ponto de vista estrutural, naqueles anos pouco mudou no perfil do mercado segurador. Enquanto o PIB evoluiu 4,1% nesse período, a produção de seguros cresceu 8,9% em termos reais”, relembra.

Entre 2010 e 2014, as políticas anticíclicas de distribuição de renda do Governo também ajudaram o setor a ter crescimento superior ao PIB, que cresceu cerca de 2% ao ano, enquanto o setor de seguros atingiu aproximadamente 8%.

Já a fase difícil de recessão entre 2015 e 2017 afetou todos. Esse período também justifica o desempenho fraco de seguros patrimoniais, afetados pela queda do PIB e dos setores produtivos, afora os escândalos que envolveram os setores de Óleo e Gás, por exemplo.

Por outro lado, entre os anos de 2007 e 2017, o segmento de pessoas passou de 31% para 37% do volume total de arrecadação de seguros, reforça o presidente da CNseg.

Para que o setor saia dos atuais 6% de representatividade no PIB é preciso um novo período de desenvolvimento dos fundamentos econômicos no Brasil, disse ele ao frisar que o setor está preparado para esse movimento por fatores como os R$ 1, 2 trilhão de ativos.
Ele menciona ainda a recente alavancagem de seguros como garantia de obras e rural.

Resseguro no ramo de saúde

Leandro Fonseca, diretor-presidente substituto da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), comentou que 25% da população possui plano de saúde, sendo que 67% dos planos são coletivos, o que reflete a contribuição do setor de seguros para manter saudável e produtiva a força de trabalho da população.

De acordo com ele, atualmente existem em torno de 800 operadoras de planos de saúde e 300 operadoras que operam somente com o ramo odontológico. “Das 800 operadoras, metade tem até 15 mil beneficiários”.

Ele enfatiza que em um setor que é preciso correr riscos sem limite financeiro, ter capital ou ter escala, e compartilhar o risco, é importante para manter a sustentabilidade tanto econômica quanto assistencial. “E o compartilhamento de risco é o grande negócio de uma resseguradora, e uma forma de viabilizar operações e setores”.

Fonseca esclarece que há uma distorção de que apenas seguradoras especializadas no segmento de saúde possuem acesso ao resseguro. “Solicitamos um parecer para a Procuradoria Federal sobre esse assunto e pretendemos trabalhar em conjunto com a Susep, para tentarmos equacionar essa assimetria que existe na relação de acesso ao resseguro”.

Resseguro em debate na Susep

Joaquim Mendanha, superintendente da Susep, mencionou que a criação da Comissão Especial de Trabalho sobre Resseguro, no ano passado, já apresentou importantes decisões, como a Resolução 353, que está em vigor desde janeiro. “Isso consagrou a efetiva abertura desse mercado, que já vai completar 11 anos”.

Ele acrescenta que um dos principais temas debatidos na Comissão é a aceitação de riscos no exterior pelas resseguradoras locais. “Mais um passo para o alinhamento do mercado brasileiro às boas práticas internacionais”, destaca.

FOTOS: CNseg

Leia também:

Mercado de resseguros em pauta: https://bit.ly/2GPCsZ3

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Grupo NotreDame Intermédica realiza IPO na B3 - t.co/33hPE0NEXK

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Taxa de desemprego cai na região metropolitana de São Paulo - t.co/w3f9N8giFN

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Aconseg-SP lança campanha institucional “Diga sim para o Seguro de Vida!” - t.co/LAtNVa9UtD

To Top