Seguros Gerais

JLT lança a 3ª edição de relatório sobre o mercado nacional

 

A JLT Resseguros lança a terceira edição do JLT ID REPORT BRASIL. O relatório de inteligência sobre o mercado de seguros e resseguros no Brasil, construído a partir do banco de dados compilados pela corretora, abrange 16 linhas de negócios separadas em cinco grupos de risco: Linhas Financeiras, Automóveis, Marítimo, P&C e Linhas Pessoais.

Todos os grupos analisados apresentaram resultados positivos em 2017. O maior avanço foi registrado em Linhas Pessoais que acumulou R$ 24,9 bilhões em prêmios emitidos, um crescimento de 11,3% ante 2016.

O mercado de seguros contabilizou R$ 100,7 bilhões em prêmios emitidos no ano passado, um aumento de 4,2% em relação aos 12 meses anteriores.

“A recuperação e a consolidação da economia brasileira, assim como o fortalecimento de algumas medidas, como crédito e mercado de trabalho, apresentam uma perspectiva positiva para 2018”, explica Pedro Farme D´Amoed, vice-presidente de contratos da JLT Resseguros.

No JLT ID REPORT, os analistas da companhia apontam uma tendência de aumento na demanda para as linhas P&C (propriedade e responsabilidade civil) e corporativas, reflexo do crescimento da atividade e dos negócios no Brasil.

“Nossa expectativa é de continuidade na redução dos juros e menor inflação, o que significa um desafio e maior foco na qualidade da subscrição, consequentemente, um aumento nos ganhos operacionais para compensar a menor receita de investimentos no mercado segurador local”, diz o VP da JLT Resseguros.

Embora com um crescimento positivo de 4% no prêmio cedido de resseguro, foi observada uma redução de 16% nos resultados apresentados e o mercado ainda enfrenta as dificuldades de excesso de capacidade e demanda restrita dos anos de crise. “A pressão sobre o bottom-line na subscrição ocasionada pela queda das taxas de juros e a recuperação da demanda devem apresentar sinais favoráveis para melhores resultados em 2018”, conclui o executivo.

A principal mudança observada foi o aumento de 56% no prêmio de resseguro em Excesso de Danos, aumentando sua participação no mercado e mostrando sinais de diferentes tendências nos padrões de compra, especialmente porque as empresas estão buscando reter negócios mais lucrativos para enfrentar o mercado competitivo.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

t.co/72yfTaKAge apresenta novos dados sobre insurtechs brasileiras no dia 24 - t.co/6RBlwCXoSy

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Susep divulga primeira lista de empresas e entidades autuadas por operar sem autorização no setor de seguros brasil… t.co/tmhxnz8XY8

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

PromoDigital, da Porto Seguro, auxilia Corretores a potencializarem suas vendas - t.co/8sisqcwwnE

To Top