Clipp-Seg

DPVAT pagou mais de 142 mil indenizações nos últimos dez anos no Maranhão

 

Fonte Globo.com

Somente de janeiro a maio deste ano, foram pagas mais de cinco mil indenizações em todo o estado.

Mais de 142 mil indenizações do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) foram pagos nos últimos dez anos em todo o estado do Maranhão. De acordo com o levantamento, a Região Nordeste lidera o ranking de pagamento do seguro.

Ainda segundo o levantamento, de janeiro a maio foram pagas mais de cinco mil indenizações a motoristas no Maranhão. Em 2017, mais de 122 mil seguros foram pagos em toda a Região Nordeste. Dentre as categorias mais indenizadas aparece em primeiro lugar os motociclistas com 79% do pagamento de seguros e em seguida os pedestres, com 41%.

Entre as causas mais registradas para os acidentes de trânsito estão a embriaguez ao volante, desrespeito as leis de trânsito e problemas de manutenção com os veículos. De acordo com o Detran, o seguro DPVAT é deve ser pago em dia por todos os motoristas e após o acidente, qualquer vítima pode requerer a indenização que são pagas individualmente.

O seguro prevê a indenização em caso de morte e invalidez permanentemente, além do reembolso de despesas médicas e hospitalares. Em caso de morte, serão beneficiados o cônjuge, pais, avós, irmãos, tios ou sobrinhos, conforme determina a Lei de Sucessões. Já se a vítima ficar inválida permanentemente, a indenização será pago diretamente a ele.

 

 
 
 
Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Startup lança plataforma para corretores de seguros oferecerem programa de pontos aos clientes - t.co/vIvA6FL2Cd

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Procon orienta consumidor a não adquirir seguro de celular - t.co/FRw6SjAr2c

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

CASA AIG une cultura russa à animação da torcida brasileira durante mundial de futebol - t.co/5YLC8ZHgsU

To Top