Redação

D&O aos olhos dos clientes

 

Os principais motivos que levam à contratação do seguro

Por Karin Fuchs

A questão das responsabilidades é o principal motivo de interesse dos clientes pelo seguro D&O. Mas há outras preocupações que também levam à contratação do produto, conforme expôs Thomaz Kastrup, da Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr e Quiroga Advogados, durante o Fórum AIG Financial Lines, realizado em São Paulo, em 24 de julho.

“Na questão das responsabilidades, a principal preocupação é com a trabalhista. Apesar de ter melhorado com a reforma (trabalhista), ainda há o que melhorar, pois o juiz que está julgando a causa sempre quer achar quem a pagará”. Outro ponto é a responsabilidade tributária.

“A nossa legislação é complicada e conflitante. Nós temos visto de dois anos para cá que o Fisco tem lavrado empresas em processos de fusões e aquisições, colocando auto de infração, não somente para os administradores de empresas, mas para todos os envolvidos nesses processos”.

Outra preocupação é a responsabilidade ambiental. “Nós temos ouvido bastante dos clientes que batem na nossa porta essa preocupação”, e também é recorrente uma inquietação no que tange a responsabilidade tributária, multas e sanções administrativas, bloqueio e penhora online, sobre os custos de defesa e inabilitação (restrições). “Nós somos questionados se há cobertura na fase de inquéritos e de investigações preliminares”, menciona.

Com relação aos tipos de clientes que se preocupam com o seguro D&O, Kastrup especifica quais são os principais: “administradores que envolvem empresas de atividades reguladas, as que têm contratos com a administração pública, subsidiárias de grupos estrangeiros, M&A e Private Equity e empresas de porte grande”.

Leia também: 

Produtos de linhas financeiras ao longo do tempo – https://bit.ly/2uPr1MM

Linhas financeiras para todos os portes – https://bit.ly/2OdxIAw

Sinistralidade na carteira de RC Profissional – https://bit.ly/2uOhfdQ

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Seguro e previdência às MPEs só devem ganhar força depois de 2019 - t.co/O6oAjH2sER

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

SC tem mais de 9,5 mil furtos e roubos de carros de janeiro a setembro de 2018 - t.co/3Fj503h3Oe

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Fenasaúde divulga estudo sobre desafios da saúde suplementar e levantamento de soluções - t.co/vwlacnl6aB

To Top