Clipp-Seg

Aporte em PGBL cresce em dezembro impulsionado por benefícios fiscais

 

Fonte DCI

Por Ernani Fagundes

Pagamento do 13º salário e de bônus no final do ano incentivam aplicações em planos geradores de benefícios livres, ainda com vantagem para quem faz a declaração completa anual do IRPF

O aporte em planos geradores de benefícios livres (PGBLs) em gestoras de seguradoras crescerá em dezembro, puxado pela busca dos clientes por benefícios fiscais. Na SulAmérica, por exemplo, o volume deve ser até 30% maior ao registrado em outros meses.

Vale lembrar números desse segmento de planos, que as contribuições em PGBLs atingiram R$ 1,918 bilhão em dezembro do ano passado, ante o valor de R$ 1,191 bilhão em novembro de 2017, ou seja, uma elevação de 61% de um mês para o outro, segundo dados da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi).

Numa visão do mercado como um todo, o gerente de produtos de Vida e Previdência da Genial Investimentos, Bernardo Barboza, que distribui 40 planos de 25 gestoras de seguradoras, a procura por PGBLs em dezembro dobra nesse período por causa do pagamento do 13° salário e de bônus de final de ano.

“A procura dobra em relação ao ano todo. E cada vez há mais gente buscando obter o benefício fiscal para quem declara no modelo completo da declaração do imposto de renda (IRPF)”, afirmou o gerente da Genial.

Ele explicou que o benefício fiscal só vale para a pessoa física que também contribui para a Previdência Social, o INSS; e até o limite de 12% da renda tributável anual. “Mas não existe nenhum outro investimento que tenha essa vantagem fiscal. O governo deixa de cobrar uma parte do imposto de renda [no momento da declaração de ajuste] para que pessoa aplique num plano de previdência de longo prazo”, diz Bernardo.

Para o vice-presidente de Investimentos, Vida e Previdência da SulAmérica, Marcelo Mello, o processo contínuo de educação financeira está alimentando a procura maior e os aportes em PGBL.

“A venda consultiva – feita com muito cuidado nas seguradoras independentes – faz com que a pessoa entenda quais são as vantagens desse produto”, destacou.

Ele contou que “historicamente”, o mês de dezembro sempre foi representativo para o mercado de planos de previdência aberta, tanto em PGBLs como na versão mais popular, o Vida Gerador de Benefícios Livres (VGBLs) voltados para quem faz a declaração de ajuste anual do imposto de renda da pessoa física no modelo simplificado. “Em PGBLs, aqui na SulAmérica, o volume para dezembro é 30% superior ao de outros meses”, ressaltou.

Quanto ao cenário macroeconômico para quem irá começar um PGBL neste ano, Bernardo Barboza, apontou a procura maior por planos de previdência multimercados, em virtude do ambiente de juros baixos (taxa Selic em 6,5% ao ano). “Há produtos para todo tipo de perfil. O cliente precisa estar atento que o PGBL é um investimento de longo prazo, se resgatar antes, o cliente será impactado [penalizado pela cobrança do imposto de renda e de taxas”, avisou.

Marcelo Mello também destacou uma maior procura por PGBLs na versão multimercados. “Temos vários produtos, mas vou destacar dois: o SulAmérica Multicarteira que possui ações, risco de mercado, e o SulAmérica JGP, gerido pela JGP, que é um multimercado macro com ativos em bolsa [ações], moedas, juro real, juro nominal, crédito privado”, divulgou o vice-presidente.

Tanto na Genial Investimentos como na SulAmérica Investimentos, os produtos são acessíveis para o varejo, com ticket de entrada em torno de R$ 1 mil para os cotistas.

Alternativas nos bancos

Em nota, a Bradesco Vida e Previdência divulgou a família de produtos conhecida por Portfólio Multiestratégia, com versões para perfis de investidores – moderado, dinâmico e arrojado – voltado ao varejo alta renda. O aporte inicial é de R$ 10 mil nessas carteiras.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

15 franquias a partir de R$ 300 para começar um negócio em 2019 - t.co/PENRfdMs0E

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Sayuri é a nova assistente virtual que chega para incrementar atendimento da Sompo Seguros - t.co/Dy6L7UPGgK

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Exclusivo – Negócios promissores para 2019, na visão do presidente da Porto Seguro - t.co/KBpvx21vRA

To Top