Tecnologia & Serviços

10 dicas para manter seu celular seguro no verão

 

ESET América Latina fala sobre segurança dos dispositivos durante as férias

São Paulo, Brasil – Para muitos, o verão é o período de se desligar da rotina e do trabalho, mas, ano após ano, se desconectar de telefones celulares, tablets e notebooks ficou mais difícil. Para evitar problemas nesta época de descanso, a ESET, empresa líder em detecção proativa de ameaças, compartilha uma série de dicas para manter seu dispositivo seguro:

1. Faça um backup. Caso tenha um serviço de nuvem, agende o backup para uma semana antes da viagem, pois se o celular cair na água, for perdido na areia ou esquecido em um restaurante, você pode acessar suas fotos, contatos e documentos de qualquer lugar. Além disso, é importante criptografar o conteúdo, usar senhas fortes e ativar o duplo fator de autenticação.

2. Instale um aplicativo que localize o aparelho em caso de perda ou roubo. Alguns aplicativos, como o ESET Mobile Security, também incorporam recursos antiphishing para impedir o roubo de dados e um filtro para chamadas e mensagens, que impede que usuários indesejados o incomodem nas férias.

3. Embora você esteja mais exposto, tente não se conectar a redes wi-fi públicas ou inseguras, pois existe a possibilidade de que algum cibercriminoso tente tirar proveito da situação. É melhor providenciar uma conexão VPN ou contratar um modem com roteador wi-fi que forneça a internet para todos os seus dispositivos.

4. Da mesma forma, se for necessário se conectar ao banco para fazer uma transação ou fazer compras online, faça-o somente a partir de conexões seguras e em páginas que incorporem medidas mínimas de segurança. É possível verificar o certificado de segurança da página clicando no cadeado que aparece antes do endereço web ou verificando se ele possui o S após o “http”.

5. Procure baixar aplicativos para jogar, comprar ou assistir vídeos nas lojas oficiais e, assim, evite que os cibercriminosos tomem os dispositivos ou roubem informações.

6. Ao procurar por programas divertidos para o verão, tenha atenção redobrada em ofertas excessivamente tentadoras, já que a promoção pode ser uma farsa. É recomendável verificar a veracidade de qualquer oferta incrível que chegue pelo WhatsApp, por e-mail ou que seja descoberta clicando em um banner de um site desconhecido. É provável que seus dados pessoais e financeiros sejam compartilhados com um cibercriminoso, o que pode resultar em perda de dinheiro e planos de viagens destruídos.

7. Tente não publicar muitas fotos enquanto estiver longe de casa aproveitando férias, feriados e finais de semana, especialmente em perfis públicos. Isso evita que os ladrões saibam que não há ninguém em casa. E se houver certa regularidade nas publicações nas redes sociais, evite dar muita informação sobre o local onde está.

8. Se as crianças tiverem tablets ou celulares, certifique-se de que elas fazem uma boa utilização do dispositivo. No verão, geralmente somos mais permissivos, e é por isso que é bom instalar ferramentas de controle parental, que não apenas ajudam a controlar os locais visitados pelos mais jovens ou as horas que passam conectados, mas também se estão sendo vítimas ou cúmplices cyberbullying. Além disso, recomenda-se também aconselhar as crianças a serem cautelosas com suas publicações e as mensagens que enviam.

9. Mantenha todos os dispositivos em segurança quando estiverem sendo usados. Temperaturas extremas, neste caso calor ou exposição direta ao sol, podem danificar não apenas o dispositivo – especialmente o revestimento, que pode se deformar, e a bateria, que pode ser prejudicada –, mas também pode queimar o usuário. Além disso, procure manter seu celular, caso não seja à prova d’água, longe de piscinas e mar, para evitar o contato com a água, que pode dafinicar o equipamento de forma irreversível.

10. E como um último conselho, use o seu celular ou laptop o mínimo possível. De acordo com pesquisa da empresa internacional We Are Social, o brasileiro gasta em média 3 horas e 39 minutos conectado às redes sociais todos os dias. O comportamento de ficar com os olhos fixos no celular gera riscos para a saúde, como vermelhidão, fadiga ocular ou sintomas de olhos secos e miopia. O verão é o melhor momento para os olhos descansarem.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Bradesco Auto/RE amplia atendimento digital para usuários do seguro residencial - t.co/Aa0TuWoGBZ

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Hapvida aquisição da RN Saúde - t.co/PYrbhmGXox

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

AIG Seguros anuncia nova liderança focada no interior de São Paulo - t.co/ANQITLiz90

To Top