Auto & Serviços

O valor do seguro dos carros mais vendidos do Brasil em 2018

 

Onix é o campeão de vendas do mercado brasileiro com mais de 210 mil unidades emplacadas em 2018 e, por mais um mês, apresenta retração no valor do seguro, algo próximo a 9% em relação a novembro.

São Paulo, Janeiro de 2019 – A Minuto Seguros, uma das principais corretoras do País e líder no segmento de seguros online, acaba de realizar um estudo com base na lista divulgada pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) com os carros mais vendidos no Brasil em 2018, além da separação da lista dos carros mais vendidos no mês de dezembro. O Onix, da Chevrolet, fechou o ano, mais uma vez, com a primeira colocação – é o quarto ano consecutivo que o hatch da Chevrolet termina o ano em primeiro lugar.

Com relação ao preço do seguro, na capital paulista, o modelo mais vendido da Chevrolet, teve mais uma notícia para comemorar no final de ano: outra queda no preço. Para o perfil masculino, em outubro, o preço médio era de R$1.977, em novembro, de R$1.820, já em dezembro, o valor médio do seguro ficou em R$1.650, ou seja, uma queda de 9% comparativamente ao mês de novembro e de 16% em comparação a outubro.

No que se refere a média entre as cinco capitais cotadas para o Onix, mais uma queda: se em novembro a média era R$2.211, em novembro o valor ficou em R$1.851. Agora, quando falamos das mulheres, uma surpresa: elas estão pagando a mais, pelo menos na média geral: o valor é de R$1.859. Isso deve-se ao aumento do valor do seguro do Onix no Rio de Janeiro para o perfil feminino. Em São Paulo, as mulheres permanecem pagando menos, em comparação aos meses, anteriores: cerca de R$180 mais baixo.

No ano, o preço do seguro do Onix, fechou com média de R$1.932, sendo o valor mais barato em fevereiro, quando atingiu R$1.394, e o mais caro em abril, quando bateu R$2.707. Já em relação às vendas, foi a primeira vez na história que o modelo da Chevrolet bateu os 200 mil. No ano passado, foram 188 mil unidades emplacadas, ou seja, um crescimento de 11%. Ainda sobre a Chevrolet, o Prisma foi o quinto carro mais vendido do Brasil em 2018, com 71.739 unidade e manteve a colocação de 2017, no entanto, com cerca de 3 mil carros vendidos a mais. Ele terminou 2018 como líder no mercado de sedans, com 12.674 unidades a mais que o Corolla, segundo sedan mais vendido do Brasil e 10º carro mais emplacado no país. Sobre o preço do seguro do Prisma, o valor médio em dezembro para o público masculino foi de R$1.913 para os homens. Em novembro, o valor médio era de R$2.431. As mulheres fecharam o ano pagando mais caro: R$2.016. Mas, mais barato do que em novembro, quando a média foi de R$2.374.

Mudanças na lista em comparação a 2017

Dos 10 carros mais vendidos do Brasil em 2017, sete se mantiveram na lista. Os cinco primeiros não mudaram de lugar: Onix, HB20, KA, Gol e Prisma. O Compass manteve a nona colocação e o Corolla saiu da sétima para a décima posição. Os novos integrantes da lista foram o Polo, que teve um ótimo ano de vendas, com quase 70 mil unidades, o Kwid, que ficou com a sétima colocação e 67 mil vendas e o Argo, com 63 mil unidades emplacadas, mostrando que a renovação dos modelos surtiu efeito com os consumidores. Quem deixou a lista foi o Sandero, o Mobi e o HRV.

Falando sobre o HB20, que foi o segundo carro mais vendido do Brasil com 105.506 unidades, comparativamente com o mês de novembro, em São Paulo, houve uma queda de 2,9% no preço do seguro. A média do seguro do HB20 entre as cinco capitais é de R$2.300 para homens e mais barato para mulheres: algo próximo a R$2.135. No mês de novembro, a média de seguro do HB20 entre as cinco capitais era de R$2.720 para os homens e R$2.200 para mulheres.

O Gol manteve a quarta posição entre os mais vendidos, no entanto, emplacou 4.206 carros a mais que em 2017. No quesito preço do seguro, o Gol apresentou um valor médio entre as cinco capitais mais caro para o público masculino, comparativamente ao HB20, com um valor de R$ 2.437. Já o público feminino pagará mais caro, também, em comparação ao HB20, com um preço de cerca de R$2.315.

O Ford KA, que ficou na cola do HB20 o ano inteiro, por cerca de 2 mil unidades não tomou a segunda colocação na lista. No entanto, o modelo da Ford teve motivos para comemorar: foi a primeira vez que o modelo chegou as 100 mil unidades emplacadas em um ano, um crescimento de 9.5% em comparação às vendas de 2017.

Análise do preço do seguro dos mais vendidos

A somatória dos 10 carros mais vendidos do Brasil teve um aumento de 8,4%: saiu de 818.350 em 2017 e passou para 887.914 em 2018. As vendas do Onix têm impacto direto nisso, visto que elas representam 23% do total, quase um quarto das vendas automotivas brasileiras. O preço do seguro médio desses 10 veículos, nas cinco capitais listadas, é de R$2.475 para as mulheres e de R$2.561 para os homens.

Vale citar que o preço médio do seguro mais barato dos modelos mais vendidos do Brasil, entre os mais vendidos, para o público masculino é do Kwid, com R$1.791. Já para as mulheres, o modelo com seguro médio mais barato também é o SUV compacto da Renault, no entanto, mais baixo: R$1.763.

Para realizar o estudo, a Minuto Seguros considerou como perfil um condutor homem e uma condutora mulher, de 35 anos, ambos casados. Foram avaliados os preços dos seguros em cinco capitais (São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte e Recife).

Quem paga menos pelo seguro?

Dentro destes perfis mencionados, o preço do seguro para o Kwid é o que apresenta a menor diferença entre as capitais cotadas para homens. O valor mais alto está no Rio de Janeiro com R$2.124 e o menor em Belo Horizonte, por R$1.489, uma distância de R$635. No contraponto de diferença de valores, ainda citando o público masculino, o Corolla é a que possui a maior diferença entre estados: R$3.711. A mais alta também no Rio de Janeiro, R$ 6.245, e a menor em Belo Horizonte, com R$2.534. Para os homens, Belo Horizonte é a cidade com seguro mais barato: oito dos carros. Nos seguros com valores mais altos, o Rio de Janeiro é a cidade que detém os maiores preços: 100% dos modelos. O preço médio do seguro para homens, em São Paulo, para os 10 carros mais vendidos é de R2.298, já no Rio de Janeiro, R$3.558.

Agora, falando no perfil feminino, o Kwid é o que apresenta a menor diferença entre as capitais cotadas, com uma diferença de R$977, do valor mais alto, que está no Rio de Janeiro, com R$2.375, para o mais baixo, que está em São Paulo, com R$1.398. Falando agora sobre a maior distância de valores, o Compass ficou com a maior distância: R$4.297. A maior no Rio, com R$8.200 e a menor, também em São Paulo, com R$3.903. No âmbito do público feminino, Belo Horizonte também é a cidade com o seguro mais barato: são sete carros. Já os valores maiores estão concentrados no Rio de Janeiro: 100% dos seguros com maior preço ficam na capital carioca. O preço médio do seguro em São Paulo, para as mulheres, ficou com R$2.052 e no Rio de Janeiro, R$3.744.

TABELAS COM OS VALORES DO SEGURO ABAIXO

PÚBLICO FEMININO


PÚBLICO MASCULINO


Detalhes da cotação

Capitais: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (BH), Curitiba (PR) e Recife (PE).

Seguradoras: Azul, Aliro, Allianz, Bradesco, HDI, Itaú, Liberty, Sompo Seguros, Mapfre, Mitsui, Porto Seguro, Tokio Marine e Sulamerica.

Perfil: Homem e mulher, 35 anos, casado.

Plano: Cobertura de terceiros de R$ 100 mil.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Nova titular da Susep defende desregulamentação e menor presença do Estado - t.co/YceQJukCMW

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Reajuste do plano de saúde e os aumentos abusivos na 3ª idade - t.co/CilRNqhxN7

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Teste genético para doenças raras em recém-nascidos avança no Brasil - t.co/TdC3PqjeYl

To Top