Auto & Serviços

O valor do seguro dos carros mais vendidos do Brasil em janeiro

 

No primeiro mês de 2019, Onix segue reinando na primeira colocação, e o preço do seguro continua em queda: cerca de 5% em comparação ao mês de dezembro e 11,6% em relação a outubro.

São Paulo, Fevereiro de 2019 – A Minuto Seguros, uma das principais corretoras do País e líder no segmento de seguros online, acaba de realizar um estudo com base na lista divulgada pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) com os carros mais vendidos no Brasil em janeiro. O Onix, da Chevrolet, aponta, novamente, para ser o carro mais vendido do ano. Foram 18.842 unidades emplacadas. O número é maior do que a soma do KA e HB20, segundo e terceiro colocados, respectivamente. Desde 2015 o hatch da Chevrolet é o carro mais vendido do Brasil e, aparentemente, não deverá ser incomodado em 2019.

Com relação ao preço do seguro, boa notícia para quem comprou modelo mais vendido da Chevrolet. O valor do seguro, usando como base um perfil médio, teve a quarta queda consecutiva no preço: agora R$1.746. Isso significa uma queda de 11,6% em relação a outubro e 5% em relação ao último mês.

Na capital paulista, o modelo mais vendido da Chevrolet, teve uma pequena elevação de preço, algo próximo aos 3%, quando saiu de R$1.650 em dezembro e foi para R$1.697 em janeiro. Nos últimos meses, para o perfil masculino, os valores ficaram da seguinte maneira: em outubro, o preço médio era de R$1.977, em novembro, de R$1.820, em dezembro, R$1.650, e em janeiro, fechou com R$1.697.

Agora, quando falamos do perfil feminino, elas continuam pagando a mais, pelo menos no preço médio do seguro do Onix nas cinco capitais: valor médio de R$1.901 contra os R$1.859 de dezembro, aumento de 2,2%. Como o valor do seguro no Rio de Janeiro continua subindo, o impacto para as mulheres torna-se visível. Em São Paulo, diferentemente de dezembro, quando pagaram cerca de R$180 a menos, em janeiro os valores mudaram: agora elas que estão pagando a mais: quase R$650.

Em relação às vendas, o Onix começa o ano melhor do que em 2018 quando fez 16.058: são quase três mil unidades a mais. Ainda sobre a Chevrolet, outra boa notícia para a GM no primeiro mês do ano foi a quarta colocação do Prisma, com 6.924 unidades emplacadas. Sobre o preço do seguro do Prisma, o valor médio em janeiro para o público masculino foi de R$1.900 para os homens, R$13 a menos do que em dezembro, o que mostra uma estabilidade no preço do seguro. As mulheres continuam pagando mais nesse modelo da Chevrolet também: R$2.060. Uma diferença R$160 para os homens.

Mobi volta a aparecer na lista

A surpresa da lista de carros mais vendidos de janeiro foi a volta do Fiat Mobi. Desde junho de 2018, quando ocupou a décima colocação, com 4.435 unidades comercializadas, o Mobi não figurava entre os mais vendidos do país. Mesmo com menos vendas em janeiro, 4.413, o Mobi desbancou o Corolla, presente na última lista. O preço do seguro do carro da Fiat tem média, nas cinco capitais cotadas, de R$1.476 para o público feminino e de R$1.718 para os homens.

O HB20, segundo carro mais vendido do Brasil em 2018, não apresentou um bom mês de vendas em janeiro: queda de 19% nas vendas e a perda da segunda colocação para o KA. A boa notícia foi a queda no preço médio do seguro, tanto para os homens quanto para as mulheres. A média do seguro do HB20 entre as cinco capitais para o público masculino foi de R$1.993, queda de 13% comparado a dezembro, quando o valor era de R$2.300. Para as mulheres, outra queda, agora de 9%, saindo de R$2.135 em dezembro e chegando aos R$1.928, em janeiro. Essa queda no preço do seguro do HB20 mostra-se uma tendência, visto que, comparado a novembro, as quedas foram ainda maiores: 12% para as mulheres e 28% para os homens.

O Gol teve uma queda acentuada nas vendas, tanto que caiu para a sétima posição: 31% a menos de carros emplacados em comparação a dezembro. No quesito preço do seguro, o Gol teve o que comemorar: queda de 8,5% no preço para o público masculino. O público feminino também pagará mais barato no seguro de um dos maiores sucessos da VW: R$2.032. Em comparação a dezembro, queda de 12% no preço médio.

O Ford KA manteve a média do ano passado, mas, com a queda de vendas do seu principal concorrente, pulou para a segunda posição da lista dos mais vendidos com 8.023 unidades emplacadas. O preço médio do seguro do KA para os homens é de R$1.766 e para as mulheres de R$1.663. Portanto, é possível afirmar que o valor do seguro médio do Ford KA é o mais barato do TOP 3, tanto para homens quanto para mulheres.

Análise do preço do seguro dos mais vendidos

A somatória dos 10 carros mais vendidos do Brasil teve uma queda de 11% comparado ao último mês, saindo de 80.468 unidades emplacadas para 70.889 comercializações. O preço do seguro médio desses 10 veículos também teve uma queda importante, principalmente por conta da saída de modelos mais caros, como o Compass e o Corolla. A queda do preço médio do seguro para os homens, entre os 10 carros listados, foi de cerca de 10% e para as mulheres 23%.

O preço médio do seguro mais barato dos modelos mais vendidos do Brasil, entre os mais vendidos, para o público masculino permanece sendo do Kwid, com R$1.663. Já para as mulheres, o modelo com seguro médio mais barato é o Mobi, da Fiat, com R$1.476.

Para realizar o estudo, a Minuto Seguros considerou como perfil um condutor homem e uma condutora mulher, de 35 anos, ambos casados. Foram avaliados os preços dos seguros em cinco capitais (São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Belo Horizonte e Brasília).

Quem paga menos pelo seguro?

Dentro destes perfis mencionados, o preço do seguro para o Onix é o que apresenta a menor diferença entre as capitais cotadas para homens. O valor mais alto está no Rio de Janeiro com R$2.282 e o menor em São Paulo, por R$1.501, uma distância de R$781. No contraponto de diferença de valores, ainda citando o público masculino, o Renegade é a que possui a maior diferença entre estados: R$2.875. A mais alta também no Rio de Janeiro, R$4.612, e a menor em São Paulo, com R$1.737. Para os homens, São Paulo é a cidade com seguro mais barato: nove dos carros. Nos seguros com valores mais altos, o Rio de Janeiro é a cidade que detém os maiores preços: oito dos dez modelos. O preço médio do seguro para homens, em São Paulo, para os 10 carros mais vendidos é de R2.078, já no Rio de Janeiro, R$2.750.

Agora, falando no perfil feminino, o Kwid é o que apresenta a menor diferença entre as capitais cotadas, com uma diferença de R$1.155, do valor mais alto, que está no Rio de Janeiro, com R$2.467, para o mais baixo, que está em São Paulo, com R$1.312. Falando agora sobre a distância de valores mais alta, o Novo Polo ficou com a maior: R$2.102. A maior no Rio, com R$3.538 e a menor, também em São Paulo, com R$1.436. No âmbito do público feminino, São Paulo também é a cidade com o seguro mais barato: todos os carros. Já os valores maiores estão concentrados no Rio de Janeiro: 100% dos seguros com maior preço ficam na capital carioca. O preço médio do seguro em São Paulo, para as mulheres, ficou com R$1.894 e no Rio de Janeiro, R$2.916.

TABELAS COM OS VALORES DO SEGURO ABAIXO

PÚBLICO FEMININO

PÚBLICO MASCULINO


Detalhes da cotação
Capitais: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (BH), Florianópolis (SC) e Brasília (DF).
Seguradoras: Azul, Aliro, Allianz, Bradesco, HDI, Itaú, Liberty, Sompo Seguros, Mapfre, Mitsui, Porto Seguro, Tokio Marine e Sulamerica.
Perfil: Homem e mulher, 35 anos, casado.
Plano: Cobertura de terceiros de R$ 100 mil.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

21º Congresso: Cláudia Leite fará show de abertura - t.co/RqVpmpoPEY

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Concorra a 30 Cestas Natalidade PASI - t.co/awhxT39tUM

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Youse amplia autonomia de clientes com possibilidade de alterar apólice online - t.co/YhtswI8t43

To Top