Clipp-Seg

Ações do IRB Brasil caem mais de 3% com possível follow on do Banco do Brasil

 

Fonte Investing.com Brasil

No começo da tarde desta quinta-feira, as ações do IRB Brasil (SA:IRBR3) operam com forte queda de 3,14% a R$ 84,65, após o jornal Valor Econômico publicar reportagem de que o Banco do Brasil (SA:BBAS3) estuda vender sua participação no ressegurador por meio de uma oferta subsequente de ações. Dessa forma, o banco estaria seguindo os mesmos passos da Caixa Econômica Federal.

Apesar disso, o jornal destaca que no caso do BB a operação deve ser um pouco mais complexa, uma vez que a participação na resseguradora está vinculada ao acordo com acionistas.

Na visão da XP Research, a saída do BB do IRB por meio de uma oferta poderia abrir caminho da resseguradora se transformar em uma corporação sem controlador definido.

Uma fonte disse ao Valor que o BB Seguros quer poder se dedicar ao negócio principal, que é a venda de seguros no canal bancário, seja de forma direta ou por meio de parceria com outras seguradoras. Com isso, a avaliação é que não existe pressa para que a venda dos ativos aconteça.

A publicação lembra que o controle do IRB é formado pela BB Seguros Participações, Bradesco (SA:BBDC4) Seguros, a União, o Itaú (SA:ITUB4) Seguros e o Fundo de Investimentos em Participações Barcelona, gerido pela Caixa. A expectativa é que o BB leve de nove meses a um ano para concluir a operação, uma vez que depende de autorização do Tribunal de Contas da União e da Superintendência de Seguros Privados. No caso do Fgeduc, toda o processo levou cerca de 56 dias.

De acordo com o jornal, levando em conta o fechamento das ações do IRB na sessão de ontem, a fatia do BB equivale a R$ 4,21 bilhões. Dos 15,2% detidos pelo banco, 13,5% estão vinculadas ao acordo de acionistas. Assim, a BB Seguros tem direito de preferência na compra das ações que são da União. No caso dos papéis da BB Seguros, a ordem de preferência é da União, seguida do FIP Barcelona.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Executivos da SulAmérica comentam sobre venda das carteiras de auto e ramos elementares para Allianz - t.co/hEp58QEgz2

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Allianz assinou hoje acordo de aquisição das operações de seguros de Automóveis e Ramos Elementares da SulAmérica.- t.co/RPiZ52PoiV

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Classic Vida e Previdência fecha parceria com a TEM Saúde - t.co/WGoxXwgxuw

To Top