Seguros Gerais

Sompo apresenta proteção agrícola para o investimento do produtor rural na safra de grãos

 

Marcio Martinati

Seguradora lança produtos desenvolvidos por Área de Agronegócios, que conta com equipe de agrônomos e suporte internacional para atender a mercado que movimenta cerca de de R$ 2 bilhões em prêmios e tem Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo entre os estados que mais contratam seguro agrícola.

A Sompo Seguros S.A., empresa do Grupo Sompo Holdings – um dos maiores grupos seguradores do mundo, acaba de lançar dois novos seguros agrícolas. Esses produtos indenizam o produtor rural contra perdas nas plantações de diferentes culturas em decorrência de fenômenos climáticos. “Além de ser um meio de proteger o investimento feito na lavoura, os novos seguros agrícolas da Sompo também são instrumentos que contribuem com a gestão financeira dos empreendimentos rurais de todos os portes. Esses produtos evitam prejuízos no campo, trazem mais possibilidades de bons negócios para o produtor rural, gerando estabilidade financeira e contribuindo com a permanência das famílias no campo”, destaca Marcio Martinati, Superintendente de Agronegócio da Sompo Seguros.

Os novos seguros da companhia são: Sompo Agrícola Custeio e Sompo Agrícola Produtividade. O Sompo Agrícola Custeio indeniza ao produtor o valor investido em sementes, defensivos, fertilizantes e outros recursos utilizados no plantio e condução da plantação; caso a produção seja afetada por alguma condição adversa de clima.

Já o Sompo Agrícola Produtividade indeniza o agricultor quando intempéries climáticas ocasionarem queda de produtividade da lavoura segurada. Essa perda é calculada quando a produtividade colhida pelo produtor rural for menor que a produtividade contratada pelo segurado.

O produtor pode escolher os eventos climáticos que deseja contratar. Dentre eles estão: incêndio, raio, tromba d’água, chuvas em excesso, geada, granizo, ventos, seca, entre outras. O produtor tem ainda a opção de contratar a cobertura adicional de não germinação, que indeniza o agricultor caso as sementes não germinarem por algum problema no clima.

Os produtos são desenhados para atender as características regionais e são configurados em conformidade com as necessidades especificadas dos clientes. Para grupos de produtores e cooperativas são oferecidas condições especiais de preços.

Equipe especializada

O lançamento dos novos seguros Sompo Agrícola Custeio e Sompo Agrícola Produtividade vem como parte da estratégia da companhia de buscar novas oportunidades de negócio nesse segmento. Em 2018, a companhia trouxe Marcio Martinati, Engenheiro Agrícola com ampla experiência no desenvolvimento de seguros voltados a lavouras, florestas e rebanhos; para estar à frente do desenvolvimento da nova Área de Agronegócio.

Agora, a nova área já conta com uma equipe formada por agrônomos com experiência no mercado de seguros e com vivência no negócio do segurado. “Além da preocupação de lançar produtos com amplas opções de cobertura, de contratação fácil e desburocratizada; consideramos de suma importância contar com um corpo técnico que conhece as particularidades do agronegócio. Isso faz toda a diferença para que tenhamos um formato de atendimento superespecializado e único e, dessa forma, possamos disponibilizar um produto que realmente atenda às demandas do produtor rural e dos corretores especialistas nesse segmento, além disso, tem a linguagem do campo”, observa Martinati.

Também passam a ser de responsabilidade da Área de Agronegócio da Sompo, os seguros de Máquinas e Implementos Agrícolas. A companhia já atua há mais de dez anos nos ramos de Benfeitorias (quando o bem é de propriedade do segurado) e Penhor Rural (quando o bem é financiado ou dado em garantia a uma instituição financeira) e está entre as três maiores nesses ramos, com mais de 50 mil itens segurados só no ano passado.

Suporte internacional

Os novos produtos foram lançados com o apoio da AgriSompo, plataforma integrada lançada pela Sompo International em novembro de 2017 para ajudar no gerenciamento de riscos a players do agronegócio em todo o mundo. Com total suporte e expertise, tecnologia e dados da plataforma global, a equipe brasileira se vale do conhecimento do mercado local para desenvolver e disponibilizar produtos de seguros que contribuem com o desenvolvimento do agronegócio brasileiro.

Desde o estabelecimento da AgriSompo, a Sompo International expandiu substancialmente sua presença no mercado de seguros para o agronegócio. Em março de 2018, a Sompo International adquiriu a A&A, S.r.l. (A&A), líder no mercado italiano de seguros agrícolas desde 1996. A empresa agora disponibiliza uma significativa gama de produtos para os produtores agrícolas italianos.

No ano passado, Sompo Internacional estabeleceu uma parceria estratégica em âmbito mundial com a CropTrack™, provedora líder em soluções de tecnologia para o agronegócio, que disponibiliza uma plataforma de software empresarial que dá suporte para aumentar a sustentabilidade, rastreabilidade e conformidade regulamentar da produção agrícola. Essa iniciativa é uma expansão da cooperação estabelecida nos Estados Unidos em 2016 entre a CropTrack™ e a ARMtech Insurance Services, uma subsidiária integral da Sompo International, que é a sexta maior subscritora de seguro agrícola daquele país.

Também em 2018, a Sompo International firmou uma parceria estratégica com a SV SparkassenVersicherung (SV), uma das maiores seguradoras públicas da Alemanha, para disponibilizar soluções inovadoras de seguros para o setor agrícola naquele país. AgriSompo e SV estão atualmente introduzindo seus primeiros produtos voltados à safra e proteção de preços na Alemanha.

Mercado nacional

Segundo dados da SUSEP – Superintendência de Seguros Privados, autarquia que regulamenta o setor de seguros no Brasil, o Seguro Agrícola registrou R$ 2 bilhões em Prêmios Diretos em 2018, o que representa um crescimento de 6% frente ao R$ 1,9 bilhão de 2017. No ano de 2018, cerca de R$ 1,4 bilhão (ou 71%) retornou às mãos dos produtores rurais na forma de indenização por conta de eventos cobertos.

O Paraná é o Estado que mais contrata essa categoria de seguro, com 22% do total contratado em 2018. Em seguida estão os estados do Rio Grande do Sul (19%), São Paulo (11%), Mato Grosso do Sul (10%) e Goiás (9%). “Os valores são relevantes, mas ainda assim, as estimativas indicam que menos de 15% da área plantada no Brasil conta com cobertura de seguro. Isso indica que temos oportunidades incríveis de crescimento”, conclui Martinati.

Um levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) aponta que a produção brasileira de grãos deve alcançar 234,1 milhões de toneladas no ciclo 2018/2019. Essa estimativa representa um volume 6,5 milhões de t superior aos R$ 227,6 milhões de t da safra de 2017/2018. Esta safra deve contar uma 62,5 milhões de hectares estimados para a área plantada.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Mercado segurador brasileiro é promissor para desenvolvimento de insurtechs - t.co/3usLuSd6t9

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Matéria da edição de maio (209) da Revista Cobertura - Proteção para bikes em alta - t.co/nCay68UnPY

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Conteúdo da edição de maio (209) da Revista Cobertura - Parcerias para alavancar negócios - t.co/o7NjmBEjXt

To Top