Redação

Medidas para a sustentabilidade da saúde suplementar são apresentadas pelo novo presidente da FenaSaúde

 

Por Karin Fuchs

Na posse como presidente da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde) para o triênio 2019/2022, João Alceu Amoroso Lima, afirmou que o principal objetivo é a sustentabilidade do setor de saúde suplementar, mesmo diante de tantos desafios, e que a FenaSaúde tem 11 propostas para isso.

“Em 2019, continuam presentes os velhos desafios, sendo o principal deles a escalada de custos superior ao aumento da inflação e da renda. E este descasamento entre custos de saúde e renda é observado também nas principais economias mundiais, independentemente dos modelos adotados em seus sistemas de saúde”.

De acordo com o executivo, “o problema vem se agravando nos últimos anos, principalmente pelos avanços tecnológicos, o envelhecimento da população, fraudes, desperdícios, excesso de judicialização, entre outros”. Para colaborar com as mudanças necessárias para a sustentabilidade do setor, Lima disse que 11 medidas são propostas pela FenaSaúde.

Entre elas, a adoção de programas de Atenção Primária à Saúde (APS) e redes hierarquizadas, e a remodelagem da fórmula de remuneração dos profissionais da saúde. “Entendemos ser urgente implementar novos modelos de remuneração que incentivem a melhoria da qualidade da assistência. E na questão das fraudes, a nossa proposta é a tipificação criminal da fraude contra o sistema de saúde suplementar”.

E com o objetivo de reduzir custos e aumentar o acesso à saúde, João Alceu Amoroso Lima destacou algumas medidas necessárias. “Novas regras de reajustes e revisões técnicas das carteiras de planos de saúde individuais, mudanças de regras para a incorporação de novas tecnologias e mecanismos financeiros de remuneração das coparticipações de franquias”. A cerimônia de posse dos conselhos, presidentes e diretorias da CNseg foi realizada em São Paulo, na noite de 9 de maio.

Leia também:

Presidente da Fenacor diz que é necessário o combate urgente do mercado ilegal: https://bit.ly/2PYyr9Q

Reeleito presidente da CNseg, Marcio Coriolano fala sobre as conquistas do setor e o novo período que virá: https://bit.ly/2JyCKaM

Novo presidente da FenSeg, Antonio Trindade defende a redução do Estado na atividade seguradora: https://bit.ly/2JgCttP

Um novo momento para a previdência complementar e para os seguros de pessoas: https://bit.ly/2JfNyeN~

Novo presidente da Fenacap destaca a capitalização como uma forma de educação financeira: https://bit.ly/2VCVgpF

 

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

PROTESTE realiza pesquisa sobre previdência privada - t.co/x2z7megloU

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Tokio 60 anos: todas as carteiras em pleno desenvolvimento t.co/jse1VG6yVE

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Grupo Bradesco Seguros realiza primeiro workshop para assessorias de seguros - t.co/zN43nsACnc

To Top