Saúde e Odonto

Diversidade e inclusão são fundamentais para o crescimento da Odontologia Suplementar

 

Na semana da diversidade, o Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo ressalta a importância da aceitação e respeito às diferenças

O Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo – SINOG – acredita que a diversidade e a inclusão são fundamentais para o crescimento da Odontologia Suplementar, bem como, para todos os setores da economia, por isso apoia e vem tratando a causa com mais atenção nos últimos anos.

Por meio do Simpósio de Planos Odontológicos – SIMPLO, a entidade tem promovido o debate sobre a diversidade convidando palestrantes que possam aprofundar o assunto junto aos participantes. A iniciativa pioneira no setor de Saúde Suplementar teve início na edição de 2018 com a presença de Vania Ferrari que abordou a questão da necessidade de transformar os pensamentos e, consequentemente, aprender a lidar com as diferenças, amplificando conhecimentos e aumentando a representatividade. Em 2019, Lorelay Fox, Youtuber e digital influencer, pontuou que a diversidade pode e deve ser usada como um diferencial entre as empresas, mas é preciso que os discursos estejam alinhados às ações, entendendo que as mudanças só se tornarão efetivas quando forem reais.

De acordo com Geraldo Almeida Lima, presidente do SINOG, a diversidade é fundamental para construirmos uma sociedade melhor, sem barreiras e mais completa para qualquer indivíduo. “Em um país como o Brasil, que tem uma cultura diversificada, devido à influência de diversos povos como o português e de outras localidades da Europa, africanos, asiáticos e do Oriente Médio chega a ser inconcebível a discriminação que vemos por aqui em relação às mulheres, negros, pessoas com deficiências físicas ou mentais, comunidade LGBTI+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, transgêneros e intersexuais)”, comenta.

Segundo estudo do Fórum de Turismo LGBT, realizado pela Associação Brasileira de Turismo LGBT (ABTLGBT) e pela revista ViaG, em 2018, o Brasil é maior potência do turismo LGBT na América Latina. Em 2017, foi registrado crescimento de 11% neste setor, enquanto o turismo geral subiu só 3,5%. O crescimento se deve à visibilidade que eventos como a Parada LGBT+ de São Paulo ― considerada a maior do mundo ― alcançou nos últimos anos, que vem atraindo cada vez mais turistas de diferentes países.

Como uma entidade jovem e dinâmica, o SINOG tem alinhado em seus eventos temas que permeiam a sociedade e que possam trazer importante contribuição para o aprimoramento das operadoras de planos odontológicos, incentivando práticas que, cada vez mais, tragam inovação e possam disseminar conceitos atuais e conhecimento para os envolvidos com o segmento odontológico. O SINOG apoia a diversidade, a inclusão e o respeito às diferenças.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Apesar de queda nas ocorrências, 10 veículos são roubados por dia no DF - t.co/TLcYmmXOv9

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Fabiano Lima é o novo diretor de Vida, Previdência e Capitalização da Zurich - t.co/2MJvvhcTb4

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Bradesco Seguros disponibiliza novo site do Clube de Vantagens para facilitar navegação de usuários - t.co/6DufyZT64f

To Top