Redação

EXCLUSIVO: Bradesco Saúde fecha primeiro trimestre com alta de 7,7%

 

Produtos mais competitivos foram uma das causas deste crescimento

Por Tany Souza

O balanço do primeiro trimestre deste ano da Bradesco Saúde indicou alta de 7,7%, em relação ao mesmo período do ano passado. Em entrevista exclusiva para a Revista Cobertura, o superintendente executivo de operações, Manoel Machado, explica que houve uma sequência de crescimento desde 2018.

Este bom resultado deve-se a ações importantes da Bradesco Saúde, entre outras, o desenvolvimento de produtos mais competitivos, como foi o caso do plano voltado para SPG (Pequenas e Médias Empresas), e os novos produtos com ótica regional. “Antes, a companhia tinha empresas no nicho de construção civil e mudamos o nosso foco para pequenas e médias empresas, porque não se sente muito quando se perde um contrato”.

Hoje a carteira de pequenas e médias empresas chega a 900 mil vidas. “Deve estar entre as 10 maiores carteiras, em pequenas e médias empresas, que apresentou crescimento de 11% no faturamento neste segmento. É uma carteira mais saudável e em parte regulada pela ANS”.

Segundo o executivo, desde a Resolução Normativa nº 309, de 2012, a ANS define o pull de riscos, onde estabelece que contratos com até 29 vidas tenham um único reajuste. “A Bradesco Saúde sempre tratou pequenas e médias empresas como um único grupo, porque não há como reavaliar uma empresa com cinco vidas, por exemplo. A única diferença é que dividimos essa avaliação em dois, o grupo com menos e outro com mais de 29 vidas”.

E também, segundo ele, a companhia começou a mudar a forma de negociação com a rede credenciada. “Fizemos negociações com alguns hospitais, formatamos pacotes, principalmente com pronto socorro.

Em 2018, foi estimado um custo evitado de R$ 83,6 milhões, com mais de 450 hospitais da rede credenciada que já negociaram novos modelos de remuneração. Neste ano, a empresa pretende crescer acima de duas casas decimais”. Em sua carteira, a Bradesco Saúde já soma 150 mil empresas, considerando pequenas, médias e grandes. “A grande massa é PME, algo em torno de 35%, 15% são grandes riscos”.

Caminhos para o crescimento

Manoel Machado conta que a companhia criou produtos específicos para o público PME, como por exemplo, o produto Rio, onde há uma rede regional na cidade e mais 12 municípios da região metropolitana, se moldando para esse público, a partir de três vidas. “E o que acontecerá no mercado futuro será as empresas se moldando, a ANS regulando o setor, para atender ainda mais a esse público”.

Outra tendência neste segmento, de acordo com ele, é o atendimento primário, que é atender o paciente com o método já conhecido como médico da família. “Em outros países já é realidade, aqui no Brasil as empresas estão entendendo isso como prioridade. Tanto que a companhia já apresenta programas interessantes como “Meu Doutor”, com 500 médicos cadastrados, onde no site é possível fazer o agendamento e depois considerar aquele médico como seu. Se depois for atendido por outro médico, ele terá acesso a tudo o que foi analisado”.

Outro programa que a companhia tem, também voltado para o atendimento, é a clínica Novamed, que é do grupo segurador. “Aqui em São Paulo temos sete unidades em funcionamento: Paulista, Lapa, Tatuapé, Osasco, Santana, Santo André e Guarulhos. Todas elas possuem prontuário interligado. E também estamos partindo para Novamed in Company, para empresas com um grande espaço para ter uma clínica que possui até mesmo exames laboratoriais – Cidade de Deus, Alphaville e outras duas em empresas clientes da Bradesco Seguros”.

E ele resume o crescimento da Bradesco Saúde com uma somatória de todas essas ações. “A mudança do nicho, negociações com a rede, Novamed, o atendimento preventivo, o ‘Meu Doutor’. Como estou desde 1981 na companhia, consigo observar bem esse desenvolvimento da companhia no decorrer dos anos”.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Apesar de queda nas ocorrências, 10 veículos são roubados por dia no DF - t.co/TLcYmmXOv9

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Fabiano Lima é o novo diretor de Vida, Previdência e Capitalização da Zurich - t.co/2MJvvhcTb4

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Bradesco Seguros disponibiliza novo site do Clube de Vantagens para facilitar navegação de usuários - t.co/6DufyZT64f

To Top