Responsabilidade Social

Sompo Seguros patrocina ONG que leva voluntariado e arte a hospitais públicos

 

Como parte de seu programa de Responsabilidade Social, que visa apoiar projetos que estimulem a educação, saúde e bem-estar, seguradora apoia ações do Canto Cidadão, que pretende superar a meta de 60 mil pessoas beneficiadas em 2018

Celso Ricardo Mendes

A Sompo Seguros, empresa do Grupo Sompo Holdings – um dos maiores grupos seguradores do mundo – é uma das patrocinadoras do Plano Anual Canto Cidadão, projeto da Organização Não-Governamental (ONG) Canto Cidadão, que prepara e coordena voluntárias (os) em programas de arte em hospital, na Grande São Paulo. Essa medida integra o planejamento da seguradora na área de Responsabilidade Social que visa contribuir com ações de impacto social nas áreas de educação, saúde e qualidade de vida. “O estímulo ao bem-estar e à qualidade de vida está no DNA da Sompo. Estabelecemos uma estratégia de integrar iniciativas com propósitos claros de impacto social sob os pilares de Direitos Humanos e Meio Ambiente. E as iniciativas do Canto Cidadão, voltadas à educação, cultura e bem-estar estão contempladas dentro do que consideramos Direitos Humanos”, observa Celso Ricardo Mendes, Diretor Administrativo da Sompo Seguros.

“O Canto Cidadão tem a meta de superar o índice de 60 mil pessoas beneficiadas em 2018. Estamos felizes em contribuir de alguma forma para que esse objetivo seja alcançado”, completa Andre Gouw, gerente de Comunicação e Marketing da Sompo Seguros.

Anualmente, o Canto Cidadão realiza uma chamada especial para interessadas (os) em participar dos seus programas socioculturais de voluntariado em hospitais. O objetivo é encontrar novas(os) voluntárias(os) para o Arte em Todo Canto – Hospitais (teatro), CantoRia (música), Doutores Cidadãos (palhaçaria) e o EnCanta (atividades em brinquedotecas), preparando-as (os) para que a atividade seja positiva para todas as pessoas envolvidas.

Essas pessoas são submetidas ao PIP, o Programa de Identificação de Perfil, que busca identificar por meio de palestras, questionários comportamentais, dinâmicas e entrevistas, as competências essenciais para as atividades pretendidas, notadamente comunicação empática, comprometimento e compreensão de direitos humanos. O processo de preparação das turmas de 2019 já está em fase de conclusão, com cerca de 90 novos (as) voluntários (as) se integrando aos elencos, aumentando ainda mais a capacidade de atendimento da ONG.

Além disso, o Canto Cidadão também conta com uma agenda mensal de palestras e oficinas gratuitas de desenvolvimento por meio de expressões artísticas e abordagens relacionadas ao comportamento humano. “Ao investir em um projeto que democratiza a cultura com iniciativas gratuitas e leva arte e cultura a hospitais e escolas públicas, a Sompo integrou o verdadeiro sentido de olhar pelo bem-estar do próximo. Afinal, esses são espaços sem muita visibilidade pública para a marca num primeiro momento. Porém o efeito transformador e os resultados ao longo do tempo são inestimáveis”, afirma Felipe Mello, diretor-fundador do Canto Cidadão. Entre as atividades previstas estão oficinas gratuitas sobre contação de histórias, investigações cênico-lúdicas de objetos do cotidiano por meio de expressões artísticas, oficinas voltadas à musicalidade e conhecimento de repertórios etc. A agenda completa de eventos está disponível no site da organização.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Classic Vida e Previdência fecha parceria com a TEM Saúde - t.co/WGoxXwgxuw

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Susep está no Linkedin - t.co/fZEDXumEsu

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

BB Seguridade é a empresa mais valiosa do setor - t.co/7VkhtpkFSo

To Top