Ameplan lança campanha de vendas

 

Parceiros ganharão viagens para resort na Bahia

Por Tany Souza

Com a presença de 700 parceiros, a Ameplan Saúde lançou em janeiro a campanha de vendas de 2018, a “#partiubahia!”. A festa também foi realizada para reconhecer e agradecer parceiros e corretores, que ajudaram a operadora a mudar de patamar no mercado, além de mostrar quais serão os prêmios para os vencedores.

A nova campanha levará 35 ganhadores com acompanhantes para um resort em Arraial d’Ajuda, em Porto Seguro, na Bahia, com sistema all-inclusive, além de R$ 300 mil em prêmios. “Levaremos os vendedores ganhadores de PME, o campeão em número de vidas, o vendedor pendências zero, supervisores e gerentes da plataforma e de repasses, além dos vencedores das empresas parceiras”, explica o gerente comercial da Ameplan, Marcelo Belber.

Para isso, a campanha traz como meta atingir entre 155 mil e 160 mil vidas até dezembro de 2018. “A campanha tem o propósito de provocar as pessoas e trazer um incentivo para produzir números interessantes, pois crescer de 120 mil para 160 mil vidas é uma soma de 35 mil, levando em consideração o turnover de carteira, é uma venda muito desafiadora”, comenta o diretor comercial, Laureci Zeviani.

Essa venda chega a ser 90% das realizadas em 2017 que, segundo ele, foi um ano extraordinário para a operadora. “Dentro de um segmento que tem perdido vidas, nós temos crescido com números de 15%, 20%, 18%, sucessivamente, no ano passado crescemos apenas 12% em número de vidas, mas é muito bom em relação aos concorrentes, e uma empresa que cresce desta forma e ainda 30% financeiramente, tem um crescimento de respeito perante qualquer segmento de indústria do país”.

Oportunidades para corretores

Laureci Zeviani reforça que o propósito da campanha é “agraciar e reconhecer o bom parceiro, aquele que vende bem, que não tem pendências, que não confunde o consumidor final, e temos que, obviamente, reconhecer aqueles que fazem muito por nós”. Ele conta que a Ameplan possui 15 plataformas, quatro administradoras de benefícios e uma parceria em odontologia, “porém o que chamamos de ‘cauda longa’, que é o que está por trás disso tudo, não conseguimos mensurar, mas nosso papel está tomando proporções cada vez maiores”.

Segundo ele, até mesmo um corretor independente está produzindo e entregando nestas plataformas. “A nossa preocupação é em educar para ele não vender qualquer coisa e sem conhecimento. O mal preparado acaba infelizmente fazendo algum malefício para aqueles que nos representam bem”.

E considerando o crescimento de 2017, Zeviani diz que ele é um eterno otimista. “Se eu não fosse otimista por natureza teria grandes dificuldades, por isso, não importa que seja 2018, com eleições e Copa, é um ano qualquer, que é ameaça para alguns e oportunidade para outros, mas eu o vejo assim, por isso posso encará-lo de forma melhor que os anos anteriores, até mesmo os indicadores econômicos indicam uma retomada da economia. Eu já olho para metade do copo que já tem água e não fico me queixando que falta metade”, ilustra.

Leia mais no site da Revista Cobertura: goo.gl/vbdjUq

Conteúdo da edição 195 – Fevereiro/2018 – Revista Cobertura Mercado de Seguros

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Grupo Hospitalar Vidas inaugura unidade em Campo Limpo - t.co/SDkj9b03s4

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Argo Seguros supera a marca de 20 mil bikes seguradas - t.co/8VAS8wjUuQ

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

MDS Brasil anuncia aquisição da Process - t.co/zuI3NVO0Q2

To Top