Clipp-Seg

QI Digital lança olhar para o mercado de seguros no Brasil

 

Fonte Terra

Metodologia da Math Marketing analisou a maturidade digital das principais seguradoras do país

Para ajudar empreendedores brasileiros a atingirem a tão almejada maturidade digital, a Math Marketing estruturou o QI Digital, metodologia baseada no modelo sugerido Avinash Kaushik (evangelista do Google) para mensuração de maturidade do Marketing Digital de sua empresa e de seus concorrentes.

Foto: Math Marketing / DINO

O QI Digital foi desenvolvido para analisar Quociente de Inteligência do Marketing Digital das marcas, com objetivo de mapear oportunidades de melhorias e apoiar estratégias de otimização do engajamento e conversão. Acreditamos na teoria das múltiplas inteligências, por isso medimos a maturidade digital de uma empresa por meio de 6 pilares: Ads, Conteúdo, Automação, Busca, Técnica e Analytics.

Para inaugurar o lançamento do novo estudo do QI do Marketing Digital, foi realizado um estudo completo medindo a maturidade digital das principais seguradoras do Brasil, comparando seus principais potenciais, lacunas e fraquezas.

O mercado de seguros no Brasil tem apresentado crescimento ao longo dos últimos anos, mesmo durante momentos de crise. É um segmento dinâmico que incorpora múltiplos produtos, vendas complexas e necessidade por recorrência de compras. Soma-se a isso novas regulamentações, como a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) que atualiza regras para o tratamento de dados de clientes com impacto direto nas estratégias digitais.

Mesmo em um segmento, tão intenso em tecnologia encontram-se oportunidades de diferenciação, como em conteúdo por exemplo. Segundo o estudo apesar de uma marca se destacar neste quesito, nenhuma delas tenta se colocar como autoridade no tema, por autoridade entende-se marcas que:

1.Entende as necessidades do Buyer Persona.

2.Tem um posicionamento claro.

3.Conteúdo extremamente útil para público.

4.Não tenta vender o seu produto imediatamente.

Outro ponto interessante é o fato de 87% das seguradoras utilizarem Google Analytics, porém a maturidade do uso não segue o intenso investimento em publicidade on-line. Neste ponto o estudo traz que existe espaço para potencializar o resultado dos investimentos publicitário com um melhor uso de analytics, buscando com isso a otimização do mix de mídia.

Confira como ficou o estudo das seguradoras por meio do QI Digital no link abaixo.

Website: http://bit.ly/2Lb9Ek3

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Ferramentas gratuitas de videoconferências t.co/4kG9LYf35l Conteúdo da edição de julho/agosto/setembro (número 51) da Aconseg-SP

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Quer ingressar no Saúde? t.co/UtnQvj7jQE Conteúdo da edição de julho/agosto/setembro (número 51) da Aconseg-SP

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Seguradoras oferecem treinamentos on-line para qualificação dos corretores; momento traz ainda novo modelo de atend… t.co/iaRq81NRnC

To Top