Saúde e Odonto

ANS e SESI reúnem operadoras e empresas contratantes

 

Encontro promoveu o debate entre os atores da saúde suplementar

No dia 12 de junho, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e o Serviço Social da Indústria (Sesi) realizaram o encontro “Diálogo de Saúde Suplementar – O Desafio da Coordenação do Cuidado nos Planos Coletivos Empresariais”, na Fiesp, em São Paulo, com a participação de gestores de operadoras de planos de saúde e de empresas contratantes. O objetivo foi promover a reflexão e a colaboração entre as partes.

O diretor-presidente da ANS, Leandro Fonseca, e o diretor de Normas e Habilitação dos Produtos, Rogério Scarabel, abriram o encontro ao lado de Emmanuel Lacerda, gerente-executivo de Saúde e Segurança na Indústria do Sesi.

“A ANS entende como fundamental o papel das empresas contratantes de planos de saúde. Hoje nós temos 47 milhões de beneficiários em planos médico-hospitalares e, desses, dois terços estão em planos coletivos empresariais. Juntos, devemos trabalhar em prol da mudança do modelo assistencial vigente, saindo do cuidado em saúde fragmentado para o cuidado integrado. A transição para um sistema mais sustentável, que entregue valor em saúde a um preço suportável, é um desafio para todos nós”, afirmou Leandro Fonseca na abertura do evento.

Rogério Scarabel acrescentou: “Tenho certeza de que deste encontro sairão frutos muito importantes para a melhoria da qualidade da atenção em saúde e para o desenvolvimento da saúde suplementar”.

Emmanuel Lacerda, do Sesi, endossou a fala dos diretores da ANS: “Esperamos que o setor possa ter uma agenda mais construtiva do ponto de vista das empresas contratantes para que seus funcionários e familiares tenham assegurados a qualidade em saúde”.

Temas como a coordenação do cuidado favorecendo a promoção da saúde, a prevenção e o controle de doenças foram discutidos durante o encontro.

Comentários

Newsletter



Facebook

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Saiba como o seguro pode ser um aliado para cobrir os prejuízos em casos de fenômenos naturais - t.co/HISMBrKa0r

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Para MSF, COVID-19 não pode significar retrocesso em combate ao HIV - t.co/rcCAWyAFcg

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Grupo Mongeral Aegon tem novo diretor de Estratégias Públicas - t.co/Y2RkXhfiJg

To Top