Responsabilidade Social

Fórum de Diversidade Racial promovido pela AIG discute a inclusão com representatividade e mais oportunidade a profissionais negros

 

Encontro contou com representantes da KPMG, Dow, e Demarest Advogados como painelistas para compartilhar suas experiências e práticas em suas empresas

Com a proposta de discutir as barreiras socioeconômicas da inclusão dos profissionais negros no mercado de trabalho corporativo, o grupo diversidade étnico-racial da AIG DÆRC reuniu corretores parceiros, funcionários e representantes de outras companhias no Fórum de Diversidade Racial. O encontro aconteceu nesta quinta-feira (5), em São Paulo, e marcou o lançamento do grupo, a mais recente mobilização da companhia em favor da diversidade e inclusão.

Ao lado dos profissionais Robson de Oliveira, Advogado do Demarest Advogados; Thays Cristina dos Santos e Hure de Andrade, ambos executivos da Dow e líderes do GAAN (Global African Afinity Network) na companhia, e Marília Melo, sócia da KPMG e uma das líderes do grupo Ebony, de etnias e raças na empresa, Jorge Sousa, responsável pela área de Negócios Públicos na AIG e líder do DÆRC, levantou questões sobre a abertura e desenvolvimento profissional dos negros, oportunidades e conscientização sobre os vieses existentes em nossa sociedade.

Logo na abertura do evento, Fabio Protásio Oliveira, CEO da AIG, destacou a relevância da pauta tanto sob o aspecto interno, em favor da transformação do ambiente de trabalho, quanto do ponto de vista da sociedade. “Na AIG, as discussões de diversidade e representatividade estão cada vez mais maduras e colocadas em prática. Com a questão racial não é diferente. Sabemos do nosso papel como agentes de transformação e queremos fazer a diferença rumo a uma sociedade mais igualitária”, comentou. Fabio afirmou, ainda, que, dentre os mais de 130 grupos de diversidade existentes na AIG em todo o mundo, o DÆRC, no Brasil, é a primeira iniciativa focada na questão racial a existir em outro país fora dos Estados Unidos.

Este, aliás, foi um dos pontos discutidos entre os painelistas e participantes do Fórum: apesar da importância e necessidade de trazer a temática racial à mesa, é, em geral, o assunto mais recente levantando no ambiente corporativo, em comparação com as demais vertentens da diversidade, como gênero, orientação sexual e deficiência. “No Brasil, ainda é comum a percepção de que não existe racismo, daí a complexidade em trabalhar a questão dentro das empresas. É preciso reconhecer a presença estrutural e institucional e promover formas eficazes de combatê-lo, sendo necessário o acolhimento, a capacitação e a retenção dos profissionais negros e negras, para que haja inclusão e representatividade nas instituições”, disse Robson de Oliveira.

Para Marília Melo, “esse tipo de discussão, felizmente, é um caminho sem volta. Os esforços que temos feito é para receber cada vez mais pessoas diversas nas empresas, com uma proporção que reflita a nossa sociedade”. A afirmação foi endossada por Thays dos Santos: “se conseguirmos compartilhar o que aprendemos nas empresas com diferentes grupos da sociedade, conseguiremos a representatividade e, consequentemente, empoderar mais o indivíduo, cada vez mais ciente de seu potencial e das escolhas que pode fazer”.

Entre as iniciativas atualmente em prática pela AIG e também compartilhada pelos painelistas sobre suas empresas, está a frequente aproximação com jovens como uma forma de capacitação e oferta de diferentes opções de carreira, muitas vezes desconhecidas ou consideradas impossíveis. Outras práticas em andamento são processos seletivos obrigatoriamente diversos em todos os níveis e acompanhamento profissional por meio mentoria e aconselhamento. “Somente conseguimos transformar o ambiente empresarial com o apoio e engajamento da liderança. Ela deve ser envolvida na discussão, com compromissos claros”, afirmou Hure de Andrade.

Na AIG, o DÆRC é um grupo de diversidade que nasce alinhado com outros cerca de 130 grupos em todo o mundo. No Brasil, ele completa, ao lado do Women@Work (WOW) Mulheres e Aliados e Diversitas LGBTI e Aliados, um time de funcionários responsáveis pela condução de atividades e programas específicos voltados ao desenvolvimento de uma consciência de inclusão e representatividade na AIG, como foco em um ambiente de trabalho e sociedade mais igualitários e de respeito, em que cada pessoa possa ser ela mesma, independentemente da sua orientação sexual, identidade de gênero, cor de pele ou origem.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Ferramentas gratuitas de videoconferências t.co/4kG9LYf35l Conteúdo da edição de julho/agosto/setembro (número 51) da Aconseg-SP

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Quer ingressar no Saúde? t.co/UtnQvj7jQE Conteúdo da edição de julho/agosto/setembro (número 51) da Aconseg-SP

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Seguradoras oferecem treinamentos on-line para qualificação dos corretores; momento traz ainda novo modelo de atend… t.co/iaRq81NRnC

To Top