Tecnologia & Serviços

Blockchain revoluciona mercado de leilões

 

Após criar o leilão online na década de 90, Ronaldo Sodré Santoro lança o Bom Valor, rede colaborativa de leilão de mercadorias, bens móveis e imóveis, para transacionar mais de R$ 100 bilhões nos próximos cinco anos

São Paulo, abril de 2020 – Com a tradição de seu sobrenome no segmento de leilões, Ronaldo Sodré Santoro prepara-se para uma nova fase: trazer a potência e os alcances que a tecnologia proporciona para mais uma vez revolucionar o mercado de leilões. Para isso, deixa no passado a Superbid, maior portal de leilões da América Latina – que criou há mais de 20 anos – e apresenta ao mercado o seu novo negócio: a rede colaborativa de leilão Bom Valor. A iniciativa vem para trazer inovação ao segmento com o uso da tecnologia Blockchain. Isso só se tornou possível devido à expertise de Santoro na área, além dos pilares estruturados em dois fatores, a autenticidade das operações e a segurança oferecida aos usuários.

“Em cinco anos queremos transacionar na nossa rede cerca de R$ 100 bilhões em mercadorias, entre bens móveis e imóveis provenientes de alienação judicial, alienação fiduciária ou patrimônio, sendo público ou privado”, explica o empreendedor. Hoje, o mercado movimenta aproximadamente R$70 bilhões no ano. Os primeiros leilões oficiais com registro em blockchain estão sendo testados e têm se mostrados eficazes. É exatamente como um cartório de transação de mercadorias com registro em blockchain.

Para essa mudança de cenário, Santoro adquiriu uma empresa de tecnologia especializada e montou um time multidisciplinar para executar sua ideia. A rede Bom Valor reunirá diversos leiloeiros em uma única plataforma, proporcionando transações autênticas e validadas. Para isso, criaram o ID Bom Valor, uma identidade digital.

“Vamos transformar a profissão do leiloeiro. Eles terão mais potência e poderão chegar aonde nunca conseguiram”, completa Santoro. O empreendedor ainda garante que tudo o que as novas tecnologias permitirem exponenciar ao negócio será adotado.

Do martelo a internet

Ronaldo Sodré Santoro é de uma família de leiloeiros tradicionais que entre os anos de 1989 a 1999 trabalhou com os tios na famosa Casa Sodré Santoro. Lá criou o seu primeiro site de leilões na internet e, no final dos anos 90, apostou no uso da ferramenta – ainda discada – no setor de leilões oficiais para leilão de bens móveis e imóveis, transformando o mercado. Desde então se tornou pioneiro em leilão online no Brasil e na América Latina. Aos 27 anos, com investimento do Unibanco, fundou a Superbid, hoje o maior site de leilões da América Latina.

Toda a plataforma foi desenvolvida dentro de casa por ele e seu time e se tornou o primeiro canal de leilões online do Brasil. Com toda experiência em leilões online, Santoro colaborou na regulação da atividade de Leilão Eletrônico para venda de bens em Tribunais de Justiça, empresas e organizações públicas, de diversas áreas do executivo e legislativo, causando grande avanço no setor. Por isso, foi Vice Presidente da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico – Câmera e.NET nos inicio dos anos 2000.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

AllCare vence Prêmio SMART Customer 2020 - t.co/7ZNjBJdm36

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Susep publica norma que simplifica o atendimento aos consumidores do setor de seguros - t.co/WnTIVVH442

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

MAG Seguros é uma das empresas mais inovadoras do setor e do país - t.co/vU3zxriLaO

To Top