Cobertura Especial

#Relatório Cobertura traz um raio-x da relevância do agronegócio no período de pandemia

 

Seguro no campo tem oportunidades para os corretores especialistas e os que atuam em outros ramos; veja quais são as proteções securitárias mais procuradas

A fortaleza do agronegócio vem da constância de crescimento, da manutenção dos empregos, de investimentos no mercado interno e da atração de investimentos externos.

O campo representa uma oportunidade aos corretores. De forma geral, para muitos ramos não é necessário ter conhecimentos técnicos específicos. Um corretor que comercializa apólice de residência pode comercializar um seguro de propriedade rural e aquele que vende seguro de automóvel, pode comercializar uma apólice de equipamento rural como o trator.

Em outros casos, a especialização é o diferencial, pois o corretor que conhece o meio rural se destaca. “Sugiro aos colegas que não têm experiência neste setor, para não perderem negócios até se aperfeiçoarem, que procurem parceiros”, indica Anderson Cardoso, da Acesso Brasil Corretora de Seguros, um dos entrevistados para o número 23 do Relatório Cobertura, que aborda o agronegócio. Acesse o link e boa leitura!

 

Comentários

Newsletter



Facebook

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Estamos ao vivo no YouTube com Sérgio Magalhães, sócio da TASS Brasil, num bate-papo sobre o modelo de negócios e a… t.co/k2oxkipSMT

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Confiança do consumidor aumenta, mas é preciso cautela - t.co/rwEpvbxb0H

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Mapeamento eletrônico de saúde reforça argumentação para Corretores nas vendas do Porto Seguro Saúde - t.co/MVWegmkJEU

To Top