Auto & Serviços

Dia do Motociclista: Brasil registra mais de 125 mil benefícios pagos pelo Seguro DPVAT a vítimas de acidentes com motocicletas

 

Veículo é responsável pela maior parte das mortes indenizadas no primeiro semestre deste ano

Hoje, dia 27, é comemorado o Dia do Motociclista. A data, no entanto, serve de alerta para aqueles que, profissionalmente ou por lazer, levam a vida sobre duas rodas. No primeiro semestre deste ano, o Brasil registrou 125.395 indenizações pagas pelo Seguro DPVAT a vítimas de acidentes envolvendo motocicletas. O número representa 79% do total de benefícios concedidos pelo seguro neste período. O veículo também foi responsável pela maior parte das mortes indenizadas: 8.128 famílias receberam o pagamento em todo o país.

Segundo dados da Seguradora Líder, que administra o Seguro DPVAT, entre janeiro e junho foram pagas 90.581 indenizações a pessoas que ficaram com algum tipo de invalidez permanente e 26.686 receberam o reembolso de despesas médicas e suplementares após acidentes ocorridos com motocicletas. Os motociclistas foram os mais atingidos (83.908), mas os pedestres assumiram o segundo lugar do ranking de acidentes envolvendo veículos de duas rodas (29.574).

No recorte por estado, São Paulo, Minas Gerais e Ceará lideram o ranking de pagamentos do seguro, contabilizando 14.294, 14.010 e 9.023, respectivamente.

Confira na tabela abaixo o ranking por estados:

Vale lembrar que os dados de pagamento das indenizações do Seguro DPVAT retratam a realidade de acidentes em 2020 e em anos anteriores, já que levam em consideração o prazo de três anos para que o beneficiário faça o pedido.

Mais rapidez na liberação de indenizações

Os últimos dados do Seguro DPVAT do mês de julho mostram que 56% do total de indenizações solicitadas do Seguro DPVAT foram pagas em até dez dias. O tempo, contado a partir do momento de entrega da documentação até a efetivação do pagamento, apresenta um cenário de celeridade bem inferior aos 30 dias determinados por lei.

A melhoria é resultado das ações da Seguradora Líder, administradora do consórcio que gere o Seguro. Com foco no aperfeiçoamento da jornada do cliente, a companhia simplificou documentos e processos para dar entrada no benefício; lançou, em dezembro de 2019, o projeto de análise médica domiciliar para atender pessoas que precisem passar por análises presenciais, mas não tenham condições de se deslocar por conta do acidente; e disponibilizou um site para envio de documentos pendentes.

Neste período de distanciamento social, a Seguradora Líder disponibiliza canais para que as vítimas deem entrada no Seguro DPVAT sem sair de casa, como a central de atendimento telefônica – por meio dos telefones 4020-1596, para capitais e regiões metropolitanas, e 0800 022 12 04, para outras regiões -, além do aplicativo “Seguro DPVAT” disponível para download na Apple Store ou Google Play. O aplicativo já apresentou um crescimento de 22% no volume de solicitações desde o início da pandemia da Covid-19 e, até a primeira quinzena de julho, registrou mais de 156 mil downloads e mais de 11 mil pedidos de indenização.

 

Comentários

Newsletter



Facebook

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Nasce em Brasília uma nova assessoria em seguros - t.co/R0o5Opjkd0

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Estamos ao vivo no YouTube com Sérgio Magalhães, sócio da TASS Brasil, num bate-papo sobre o modelo de negócios e a… t.co/k2oxkipSMT

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Confiança do consumidor aumenta, mas é preciso cautela - t.co/rwEpvbxb0H

To Top