Cobertura Especial

“O corretor que não buscar o novo cliente está fadado a não crescer ou crescerá de forma tímida”, disse o diretor da Suhai Seguradora

 

Confira no Canal da Revista Cobertura no YouTube a íntegra do bate-papo entre os executivos de seguradoras, lideranças das Aconsegs e profissionais de assessorias durante o 2º Encontro Magno das Aconsegs

Por Karin Fuchs

A queda de vendas de veículos novos afetou todo o mercado de seguros. No entanto, a frota segurada é de apenas 30% do total e há um gigante potencial de 70% que poderia estar nas mãos dos corretores. Foi exatamente com esse tema que Robson Armando Tricarico, diretor Nacional Comercial da Suhai Seguradora, fez a sua apresentação no 2º Encontro Magno das Aconsegs, em 23 de setembro, realizado pela Associação das Agências, Assessorias e Consultorias de Seguros do Estado de Minas Gerais (Aconseg-MG). 

“Durante a pandemia houve uma redução pela procura do seguro por parte dos clientes que têm perfil de baixo risco (veículos menos expostos nas ruas, por exemplo). Quando eles deixam de procura o corretor, a sua produtividade diminuiu. Porém, nós vimos um aumento da frota circulante de veículos que têm um risco maior (clientes que está trabalhando com veículos e motos)”. Prova disso, disse ele, é que neste ano a companhia irá crescer pelo menos 47%, por ser focada nesse nicho.

Segundo ele, a maior parte dos clientes que não faz seguro é os que têm um risco maior e os corretores não sabem como chegar até eles. “A maioria dos corretores trabalha sob demanda, eles são mais receptivos do que ativos, por isso, o seguro de automóvel abrange clientes que já tem a cultura de contratá-los. A maioria não se protagoniza como empresário, não empreende para gerar novos negócios, grande parte não tem capital para investir em ferramentas digitais e divulgação”.

Tricarico defendeu que é preciso digitalizar os corretores e fazer com que eles saiam da zona de conforto. “Não dá para esperar o cliente que está na concessionária fazer uma contratação. O cliente está no varejo, no posto de gasolina, e para o corretor se conectar a ele é por uma rede digital. Temos que explorar os 70% que esse mercado tem a nós oferecer e o mercado ilegal está crescendo em passos largos”.

Em números, ele citou que 98% dos proprietários de motos não têm seguros, percentual que é de 85% entre os proprietários de caminhões e de 70% entre os proprietários de carros. “Nós temos que inverter essa curva. As assessorias têm que fazer lives, reuniões e até ajudá-los a pensar fora da caixa. O corretor que não buscar o novo cliente está fardado a não crescer ou crescerá de forma tímida”.

E ele apresentou uma solução. “A Suhai está ajudando nesse sentido com o Suhai Link, uma ferramenta que permite aos corretores se conectarem aos novos clientes. Ela gera links para que eles façam a sua divulgação e eles recebem um SMS gratuito cada vez que alguém está cotando. Com ela, o corretor ganha velocidade na conexão com novos clientes. Além das redes sociais, eles podem fazer cross selling de suas carteiras, ações de e-mail marketing, entre outros”.

Perdeu o Encontro das Aconsegs? Confira a transmissão no Canal da Revista Cobertura no YouTube. Aproveite e se inscreva em nosso canal.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

A Tractable e a Mitchell oferecem uma solução conjunta para estimativas de reparação de veículos por IA - t.co/FaANgT8rWA

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Editora Cobertura lançará nova publicação - t.co/6Xr4X36ld9

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Covid-19: Custo mediano de diária em UTI é de R$ 2.234 - t.co/rn7WXLVgtc

To Top