Cobertura Especial

Diversificação é o foco da Porto Seguro

 

“Para nós, o canal corretor é muito forte. Toda vez que ele compra e vende o produto, o produto começa a crescer”, diz Celso Damadi 

Por Karin Fuchs 

Celso Damadi

Recentemente, a Porto Seguro divulgou os resultados do terceiro trimestre deste ano. Quando comparado ao trimestre anterior, na carteira de Automóvel a expansão foi de 20,4%. No Saúde, a evolução dos prêmios foi de 12%, no Consórcio o incremento foi de 27,5% e a companhia fechou o terceiro trimestre com quase 2,5 milhões de cartões de crédito emitidos. Resultados que são atribuídos também ao desempenho dos corretores de seguros, conforme entrevista com Celso Damadi, vice-presidente Financeiro, de Controladoria, Investimentos e Relações com Investidores da Porto Seguro.

Automóvel 

No período (3T20), a Porto Seguro vivenciou um alto índice de renovação, aliado ao acréscimo de 87 mil veículos na frota segurada e a facilidade em oferecer aos clientes o parcelamento do seguro em dez vezes sem juros no cartão de crédito, antes, era de até seis vez. E tudo isso em um período de redução de mobilidade. 

“A nossa subscrição e aceitação estão capturando a questão da mobilidade. A renovação está boa, pois estamos precificando com esse risco menor, e o papel do corretor tem sido fantástico. O de mostrar ao cliente a importância do seguro, qual é o risco que ele tem em ficar sem, apesar das dificuldades financeiras que todos passam. Quando há um desemprego maior, aumentam as chances de roubo e furto, e o corretor também tem trazido para nós algumas necessidades”.

Exemplo disso, foi a ampliação do prazo de pagamento do seguro no cartão de crédito para dez vezes sem juros. “O corretor trouxe para nós que não somente o preço é importante, mas também o prazo de pagamento. O prêmio de risco caiu, o corretor incentiva o cliente a pagar em 10 vezes no cartão e ele paga uma mensalidade de praticamente um seguro localizado. A combinação seguro mais barato e prazo estendido ajuda muito na renovação”.

Cartão de crédito 

Com a marca de quase 2,5 milhões de unidades emitidas, o cartão da Porto Seguro também tem sido um impulsionador nos índices de renovação da carteira de Automóvel, uma vez que o cliente conta com vantagens, entre elas, o programas de milhas. A cada 5 mil pontos, ele tem um desconto de R$ 150,00 no seguro.

“Quem ganha é o cliente e o corretor. É um conjunto de coisas que permitem ao corretor fidelizar o cliente, o que chamamos de cliente combo: cartão de crédito e automóvel, e o índice de renovação chega a mais de 95%. Tanto que estamos chegando a quase 2,5 milhões de cartões de crédito emitidos e temos quase 5,4 milhões de automóveis segurados”.

E não somente para clientes da Porto Seguro. Também a pedido dos corretores, clientes da Azul Seguros contam com o mesmo benefício, a facilidade de pagamento do seguro em até dez vezes sem juros no cartão de crédito. “Nós temos vendido muitos cartões de crédito na Azul Seguros, o que não ofertávamos no passado. Isso tem ajudado muito na renovação que, historicamente, era mais baixa que a da Porto Seguro”.

Saúde 

Nessa carteira, Damadi destaca a aceitação a partir de 5 vidas (antes era 9 vidas), a redução da DA (Despesa Administrativa), de 9,5 pontos percentuais para 6,5%, o que permitiu à companhia uma melhor precificação, e melhorias no atendimento, a exemplo do Alô Saúde e da telemedicina.

“Há muito tempo, nós temos crescido dois dígitos na carteira de PME, estamos muito competitivos e também no preço. Investimentos no atendimento e o processo de emissão e subscrição está muito mais simples do que era antigamente. Também estamos crescendo muito nessa carteira, pois o processo de renovação é muito simples”.

Consórcio 

Nas palavras de Damadi, o desempenho da carteira de Consórcio no primeiro trimestre já era prevista. E mais uma vez, ele é atribuído aos corretores. Com 30 mil parceiros ativos, antes a venda de consórcio era focada no balcão de vendas da companhia, hoje, o principal canal é o corretor. 

“Hoje, nós vendemos muito mais pelo canal corretor do que pelo nosso salão de vendas e também antes, os nossos processos eram mais burocráticos. Nós temos um processo muito mais digitalizado e o nosso sistema de aprovação de crédito é muito mais simples. Para nós, o canal corretor é muito forte. Toda vez que ele compra e vende o produto, o produto começa a crescer”.

O consórcio é uma oportunidade para clientes e corretores. “Apesar da taxa de juro, os bancos têm uma aprovação de crédito muito mais rígida e o consórcio tem uma aprovação um pouco mais fácil, pois o risco de crédito é menor. O consórcio traz a oportunidade para as pessoas que não conseguem crédito no banco e o corretor sabe muito bem disso, ele é um consultor, vende essa consultoria para o cliente e esse produto. Com a quantidade de corretor que temos, podemos crescer ainda mais”. 

Diversificação 

No quesito diversificação, Damadi diz que ela poderia estar em uma velocidade maior, mas que está crescendo, a exemplo do seguro de Vida. “Quando o corretor cria uma carteira de Vida, ele ganhará uma comissão de 10 anos, 15 anos dos clientes, depois de 4 anos ou 5 anos, a sua comissão será maior do que no Automóvel. Tanto que a nossa carteira de Vida não cresce mais em meia dúzia de corretores, mas em milhares. E a cada ano, a nossa capilaridade e a quantidade de corretores ativos têm crescido no Residencial, no Vida e no Consórcio”.

O plano estratégico da Porto Seguro para os próximos cinco anos é crescer muito mais nessas carteiras no canal corretor. “Dobrar de tamanho nesses negócios, pois a aceitação é grande quando ofertada da forma correta para o cliente correto, e nós na ponta, estamos investindo em sistemas para ajudar o corretor. Ele é o nosso maior cliente e o conjunto Porto Seguro e corretor dará muito frutos no futuro nesses produtos. O Auto é o nosso elo entre os corretores e os clientes para fazer esse relacionamento”.

 

 

 

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

5 dicas para o corretor de seguros manter a performance - t.co/d1JLvXYGgi

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Manaus recebe respiradores desenvolvidos pela USP com apoio da Fundación MAPFRE - t.co/sca8HlGEW6

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Bradesco Seguros lança novo aplicativo para Corretores - t.co/sWDHlTyCZC

To Top