Seguros Gerais

SindSeg MG/GO/MT/DF reúne representantes de entidades do setor em Minas Gerais para falar de seus objetivos

 

O SindSeg MG/GO/MT/DF tem promovido encontros virtuais para debater temas relevantes para o mercado de seguros. O último deles, ocorrido na quarta-feira (25/11), teve como finalidade apresentar aos participantes as principais atribuições das entidades que atuam no setor em Minas Gerais. Além do presidente do Sindicato, Marco Neves, participaram também presidentes do Sindicato dos Corretores (Sincor), do Clube de Seguros de Pessoas (CSP) e da Associação das Agências, Assessorias e Consultorias de Seguros (Aconseg).

O bate-papo foi mediado pela presidente da Comissão Técnica de Benefícios do SindSeg, Juliana Queiroz. Na ocasião, ela destacou que, apesar dos obstáculos trazidos pela Covid-19, o setor de seguros segue fortalecido. “Neste momento de incertezas, as pessoas têm dado mais atenção à proteção dos seus patrimônios, das suas vidas e as de seus familiares”, comentou.

A importância deste cuidado é traduzida pela busca contínua do fortalecimento da cultura do seguro na sociedade, almejado por todas as entidades. “E, para isso, a união delas é fundamental para que possamos crescer sempre mais”, disse o presidente da Aconseg, Robson Carneiro.

A opinião foi compartilhada pelo presidente do SindSeg, Marco Neves: “juntos somos mais fortes”. O executivo, que assumiu a gestão do Sindicato neste ano, relembrou que, em 2020, foram implantados novos regimentos e estatutos nos oito sindicatos que representam as seguradoras de todo o país. “Essas mudanças foram determinadas pela Fenaseg e trouxeram ainda mais sinergia ao nosso trabalho”, avaliou.

Na ocasião, ele ainda comentou sobre as iniciativas idealizadas pela entidade, alinhadas às diretrizes estipuladas pela Fenaseg e ao estatuto social. “Nosso foco é apoiar e realizar ações que contribuam efetivamente para o crescimento do nosso mercado e para a difusão da cultura do seguro”, disse. Nesse sentido, Marco relembrou alguns programas como o Geração Seguro, voltado para crianças e jovens, e o Ciclo de Palestras, direcionado para profissionais da área.

A capacitação e a difusão de conhecimento também são bandeiras defendidas pelo CSP. Segundo o presidente do Clube, João Paulo Mello, em dez anos de atuação – completados neste ano, cerca de 6.500 pessoas participaram de palestras e workshops promovidos pela entidade. “É importante profissionalizar para que o mercado tenha ainda mais confiança nos nossos produtos. Infelizmente, estudos apontam que apenas 15% da população contam alguma proteção na área de seguros de pessoas”, informou.

Já a presidente do Sincor, Maria Filomena Branquinho, destacou os ganhos trazidos aos corretores com a permissão do ingresso no modelo tributário do Simples Nacional, em 2015. “É obrigação de qualquer sindicato, independentemente de sua categoria, representar e defender os direitos da classe, fazendo-o com ética e de acordo com a legislação”, finalizou.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Mercado de seguros gaúcho segue com boas perspectivas em 2021 - t.co/2RvMDgPdh4

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Performance das assessorias é destacada em live do CCS-SP - t.co/AuyzZnGETL

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

5 dicas para o corretor de seguros manter a performance - t.co/d1JLvXYGgi

To Top