Tecnologia & Serviços

Aliança contra a lavagem de dinheiro

 

LogComex firma parceria com Neoway e leva sua expertise de combate a fraudes e lavagem de dinheiro no comércio exterior para o setor financeiro

Com o avanço da tecnologia no mundo corporativo, as práticas ilícitas evoluem na mesma velocidade que o desenvolvimento de tecnologias. Para combater essas práticas, muitas vezes é necessária a associação de expertises de empresas que trabalham no combate a fraudes e lavagem de dinheiro, como a parceria firmada entre a LogComex e a Neoway.

A Neoway é especializada no desenvolvimento de soluções de Big Data Analytics e Inteligência Artificial, especialmente para o mercado financeiro. Já a expertise da LogComex é voltada para o setor de comércio exterior com a oferta de aplicações para toda a cadeia do segmento.

Carlos Souza, cofundador e COO da LogComex, explica que depois de meses de negociação entre as duas empresas, a união foi definitivamente selada no mês de novembro. O principal objetivo dessa parceria foi absorver o grande conhecimento de prevenção de riscos e mercado bancário por parte da Neoway e promover sinergia com os dados de comércio exterior disponíveis na plataforma da LogComex. “Com certeza essa parceria está sendo bem proveitosa para ambos os lados e principalmente para os clientes que contratarem as soluções oferecidas”, comemora.

O COO da LogComex ressalta que análise de riscos e prevenção de fraudes é uma atividade fundamental para qualquer instituição financeira. Como os órgãos reguladores — Banco Central, Comissão de Valores Mobiliários, Superintendência de Seguros Privados, por exemplo — passaram a ser mais exigentes nas operações tanto domésticas quanto internacionais, é necessário que o processo seja otimizado e automatizado utilizando soluções tecnológicas. “Como os grandes bancos estão acostumados a processar grande quantidade de informação histórica de transações financeiras internacionais, fica mais fácil identificar eventuais outliers — pontos fora da curva”, destaca Souza.

Os clientes da área de comércio exterior usam a plataforma de inteligência da LogComex para prospecção comercial e acompanhamento do mercado. No início de 2020, a empresa incrementou soluções para agregar informações de produtos importados, empresas envolvidas e preços. E no segundo semestre, a parceria com a Neoway visou adaptar essas informações da plataforma para ajudar também instituições financeiras na gestão de risco e compliance.

Segundo Souza, todas as operações de comércio exterior geram um ou mais câmbios, tanto as remessas vindas como as enviadas para o exterior. As instituições financeiras, para evitar o risco de fraude e lavagem de dinheiro, confrontam a validade dos documentos apresentados com algumas regras de risco. Entretanto, para a maior parte das instituições, ainda é um processo manual, bem difícil de cobrir 100% das operações. “Com a base histórica de importações e exportações disponível na plataforma da LogComex, podemos criar novas regras de risco automatizadas para apoiar as áreas dessas instituições a identificar os embarques mais suspeitos. Assim, esses times podem trabalhar de forma mais efetiva”, pontua.

Ele dá um exemplo prático de como pode ocorrer esse tipo de prática ilícita. Uma empresa pode apresentar documentos falsos para embasar uma remessa de câmbio para uma empresa não relacionada. Com a plataforma de inteligência de mercado desenvolvida pela LogComex em parceria com a Neoway, é possível confrontar as informações apresentadas com uma série de outras fontes para identificar se existe histórico de relacionamento entre essas empresas. E se esses valores praticados estão dentro de uma normalidade. Com isso, a instituição financeira consegue evitar de fazer uma remessa internacional com base em uma documentação falsa.

Embora a tecnologia de combate a fraudes e lavagem de dinheiro tenha evoluído, especialmente com a utilização do Big Data, Souza ressalta que as soluções oferecidas pela plataforma de inteligência de mercado da LogComex/Neoway têm como principal meta apontar e destacar todas as operações em que os times de análise de risco devem mergulhar um pouco mais a fundo para conseguir entendê-las e analisá-las de forma mais crítica.

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Manaus recebe respiradores desenvolvidos pela USP com apoio da Fundación MAPFRE - t.co/sca8HlGEW6

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Bradesco Seguros lança novo aplicativo para Corretores - t.co/sWDHlTyCZC

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Gestão integrada é a melhor solução para as Corretoras na Era da digitalização - t.co/aBrN0gXiuK

To Top