Cobertura Especial

Novidades nas linhas de produtos da Allianz Seguros

 

Em coberturas e processos digitais, em Auto, Massificados, Agro, linhas Financeiras e Empresariais

Por Karin Fuchs

No evento virtual da Allianz Seguros, realizado no dia 28 de janeiro, o diretor executivo de Massificados e Vida, David Beatham, e Karine Barros, diretora executiva de Negócios Corporativos e Saúde, falaram sobre as últimas novidades do portfólio da companhia. A começar por Beatham, sobre o segmento de Automóvel, com a aceitação de motos com 100% da tabela FIPE e para uso comercial, e caminhões, principalmente pesados e rebocadoras.

Além de novas assistências, como o motorista amigo, e na precificação. “Nós conseguimos ter um preço muito mais competitivo em todas as regiões e em breve também lançaremos um novo app”, anunciou, destacando, na sequência, o novo produto digital de frota que será lançado no mês de março. “É um produto 100% digital com processo muito simples de cotação, com emissão online. E o mais importante, colocaremos o preço 100% na ponta para vocês”..

Massificados

Para o Residencial, será lançado em fevereiro um hotsite. “Uma ferramenta muito interessante para fazer a venda cruzada, para vender um seguro Residencial para o cliente que já tem o seguro de Auto”. No próprio site do corretor, ele pode colocar o hotsite e enviar o link para os seus clientes, com a sua marca junto à da Allianz. Outra novidade é o parcelamento do seguro em 6 vezes sem jutos e a ampliação da aceitação, como de casas de madeira.

Nos produtos de Condomínio e Empresarial, Beatham antecipou que em breve serão lançados produtos digitais e que haverá novidades na assistência 24 horas para condomínios com novos serviços. “E o mais importante, poderão assinar o assistência sem ter a necessidade de ter um sinistro”.

Vida

No Vida Individual será colocada a assinatura eletrônica de proposta da Declaração Pessoal de Saúde (DPS). “Não será mais necessário imprimir a proposta para pegar a assinatura do cliente. Também estamos fazendo melhorias no processo de subscrição para que tenhamos mais aceitações  on-line. E tanto no Vida Individual como no Vida em Grupo, estamos fazendo melhorias no processo de subscrição para garantir que tenhamos mais aceitação e mais aceitação de novas profissões”.

Do guarda-chuva de Karine Barros, na carteira de Agro, destaque para a subscrição. “O nosso grande diferencial é que temos uma equipe de subscritores locais que fazem um trabalho em conjunto com o time comercial para esclarecer dúvidas, formar o corretor e detalhar particularidades de uma determinada cobertura ou cultura”. O produto Agro da Allianz é vendido por cooperativas e corretores. “Corretores que de alguma forma permeiam a cadeia do agronegócio e que não necessariamente estão localizados no interior ou perto de alguma propriedade rural”.

Patrimoniais

Além do lançamento de um produto de RD mais voltado para equipamentos de construção, médicos e outros, a pedido dos corretores, o LMI (Limite Máximo de Indenização) estará disponibilizado na ponta para que eles tenham mais autonomia. “Também estamos trabalhando em conectores, o que permitirá aos corretores que queiram operar através dos seus próprios sistemas ou que tenham operações relacionados à parceria, também possam se conectar ao nosso produto de equipamentos”, afirmou Karine Barros.

Empresarial

A novidade, disse ela, foi a revisão dos produtos de Riscos Nomeados e de Riscos Operacionais. “Nós trazemos novas coberturas que poderíamos agregar a esses produtos e o aumento do nosso limite de aceitação para algumas atividades”. Para elas, a Allianz está preparando um material de divulgação para os corretores.

Linhas financeiras

Em dezembro, a companhia lançou o RC Profissional. “A novidade agora foi o lançamento do primeiro produto 100% digital, com o modelo de preenchimento de campos automático. “Riscos de até R$ 5 milhões podem ser cotados na ponta de forma muito simples, o que facilitará muito a vida do corretor. E faremos a mesma coisa para o RC Geral”.

Transporte

Para esta carteira, Karine Barros falou sobre o aumento do apetite na aceitação do risco. “Estamos trabalhando muito a questão do apetite, sendo muito mais flexíveis na aceitação. Estamos dispostos a olharmos fundamentos de carteiras, quem não trabalha Transporte com a gente, que traga a sua carteira que queremos analisá-la. Estamos fazendo um trabalho muito bacana com a equipe de frotas em uma estrutura de cross selling para que possamos aproveitar os nossos clientes no Transporte para que ele também traga a frota para a Allianz e os que têm a frota, que possam trazer as suas apólices de Transporte”.  

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

ADI da CNseg questiona decretos de SP que majoram ICMS nas compras de itens de saúde - t.co/KwadPQ20Sb

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Bradesco Seguros realiza mais de 135 mil atendimentos na rede de clínicas Meu Doutor Novamed em 2020 - t.co/NZPpFOAw4Z

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

SulAmérica expande programa de saúde emocional para cidades no RJ e PE - t.co/MsY5ISHrSy

To Top