Seguros Gerais

Cinco razões para investir em um consórcio seguro em tempos de crise

 

Entenda por que modalidade leva em consideração o rendimento mensal, a flexibilidade, o planejamento e a qualidade de vida do consumidor

Apesar dos juros baixos oferecidos pelos bancos atualmente para financiar um imóvel, todo mundo sabe que juros são juros – e em tempos de pandemia a última coisa que uma pessoa organizada financeiramente deve fazer é contrair dívidas. Ainda assim, o sonho de ter uma casa própria permanece na mente dos brasileiros, o que faz com que o consórcio seja uma boa opção para quem deseja uma alternativa segura e que não comprometa o orçamento.

consórcio de imóveis ou consórcio de carros é um sistema de compra programada e realizada por um grupo fechado, organizado por uma administradora que precisa ser autorizada pelo Banco Central. Os consorciados são separados em grupos que, a partir de contribuições mensais, arrecadam o valor necessário para a entrega dos bens escolhidos – a chamada contemplação. Mensalmente, os participantes com o pagamento em dia concorrem ao sorteio do bem.

“O consórcio é uma modalidade que leva em consideração o rendimento mensal, a flexibilidade, o planejamento e a qualidade de vida do cliente”, avalia Luís Toscano, vice-presidente de negócios da Embracon .

Toscano listou cinco razões pelas quais vale a pena investir em um consórcio em tempos de crise como o que vivemos hoje:

1 – Os consórcios são mais baratos que o financiamento

Em comparação com outras opções de crédito disponíveis no mercado, os consórcios são bem mais em conta já que as parcelas podem ser definidas de acordo com o que cabe no bolso. Além disso, não há juros incidindo sobre as parcelas.

2 – Não há necessidade de entrada

O consórcio não exige nenhum valor de entrada para adesão. Após fazer uma simulação e ver quais as parcelas que cabem melhor no bolso, o cliente entra em um grupo de consorciados. Todos os meses são realizadas assembleias, que sorteiam os bens aos integrantes do grupo – logo todos têm as mesmas chances: você pode ser contemplado no primeiro ou no último mês da vigência do consórcio.

Mas caso o cliente deseje antecipar a compra, ele pode fazer a oferta de um lance, que seria uma antecipação de parcelas: quem oferecer o maior valor, fica com o bem e o lance dado abate as parcelas seguintes.

3 – Pode-se adquirir o consórcio para diversas finalidades

O consórcio não funciona apenas para a aquisição de ou casas ou de veículos, mas também para todo tipo de serviços que demandem montantes mais altos. Com o consórcio de serviços é possível realizar uma festa de casamento, um intercâmbio, um procedimento cirúrgico, uma viagem de férias ou aquisição de máquinas agrícolas por exemplo. “O importante é que este sistema conta com várias opções de crédito, prazos e parcelas que cabem no orçamento do consorciado”, afirma Toscano.

4 – Segurança de recebimento do bem

Seja consórcio de imóveis ou de consórcio de carros , o sistema é muito seguro, fiscalizado e regulamentado pelo Banco Central. “Esta modalidade conta, inclusive, com uma associação própria, a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio (ABAC), o que garante que o bem adquirido em contrato seja entregue”, explica o executivo.

5 – É uma forma de poupar dinheiro

Por mais que o brasileiro saiba da necessidade de guardar dinheiro, manter esse hábito é um desafio. Um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) identificou que 66% das pessoas que fazem parte das classes A e B não conseguem poupar nenhuma parte de seus rendimentos mensais. Ao abranger as demais classes sociais, esse número fica ainda maior, atingindo um patamar de 70% de não poupadores.

Por outro lado, o consórcio permite que o consumidor tenha uma relação saudável com o dinheiro por ser uma aplicação a longo prazo. “Quando você escolhe um bem para investir por meio desta modalidade, está garantindo que o seu poder de compra não será afetado no processo”, concluiu Toscano.

 
     

 

Comentários

Newsletter



Facebook

Instagram

Twitter

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Allianz unifica carteiras após aquisição das operações de Auto e Massificados - t.co/M0Tx3YhVvz

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Porto Seguro conta agora com serviço de telemedicina Einstein Conecta - t.co/q1GuusPvV9

Revista Cobertura's Twitter avatar
Revista Cobertura
@RevCobertura

Entram em vigor hoje novas medidas de prevenção de lavagem de dinheiro no setor de seguros - t.co/697uhhMOOl

To Top